PUBLICIDADE
Topo

Futebol

'Louco' por base, Dorival tem nova safra para explorar em Cotia

Dorival Júnior tem histórico de bons trabalhos com jovens na carreira - Marcello Zambrana/Estadão Conteúdo
Dorival Júnior tem histórico de bons trabalhos com jovens na carreira Imagem: Marcello Zambrana/Estadão Conteúdo

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo (SP)

08/07/2017 04h00

As últimas safras vitoriosas de Meninos da Vila tiveram em Dorival Júnior uma figura essencial para o sucesso do Santos. Anunciado na última quarta-feira pelo São Paulo, o técnico colocará à prova o histórico de bons trabalhos com jovens talentos com a mina de ouro dos tricolores: o CFA Laudo Natel. Com Rogério Ceni, seu antecessor, Cotia chegou a formar um terço do elenco, mas ainda tem material para a ser explorado pelo novo treinador, que já chamou a base são-paulina de "a melhor do Brasil". Veja os nomes:

Gabriel Novaes

Centroavante forte, rápido e trombador. As características já renderam comparações a Luis Fabiano e levaram Gabriel à seleção brasileira sub-20. Tem 18 anos e é natural de São Paulo. Passou pelas bases de Corinthians, Joinville e Taboão da Serra.

Murilo, jovem do São Paulo - Érico Leonan / saopaulofc.net - Érico Leonan / saopaulofc.net
Murilo marcou dois gols no Paulistão Sub-20, na última quarta-feira
Imagem: Érico Leonan / saopaulofc.net

Murilo

Aos 19 anos, o atacante veloz e de bom faro de gol já cria expectativas na torcida tricolor há duas temporadas, desde que foi chamado por Juan Carlos Osorio para treinar com os profissionais. Natural de Fernandópolis, está no São Paulo desde 2011.

Liziero

Meia, volante ou lateral, o canhotinho de boa força física é o quebra-galho de André Jardine. A qualidade nas bolas paradas chama atenção no garoto que nasceu em Jales e tem 19 anos. Era nome frequente na seleção brasileira sub-17.

Oliveira

A dinâmica e a boa visão de jogo despertaram a atenção de Rogério Ceni, que chamou Pedro Oliveira para treinos no elenco profissional. Tite também gostou e convocou o garoto para completar treinos da seleção. Completa 19 anos no dia 11 de julho.

Geovane

Se o meia está cada vez mais adaptado ao Tricolor, mostrando serviço em jogos-treinos contra os profissionais, a torcida pode agradecer a Kieza. Geovane chegou a Cotia como forma de pagamento do Vitória pelo centroavante, que pediu para deixar o São Paulo em 2016. Aos 19 anos, o baiano de Jacobina tem canhota venenosa.

Weverson

O lateral-esquerdo é apontado como uma das maiores joias de Cotia, mas ainda tem 17 anos. As convocações para a seleção brasileira viraram rotina para o jovem natural de Brasília.

Marquinhos Cipriano é uma das promessas de Cotia - Renata Lutfi/saopaulofc.net - Renata Lutfi/saopaulofc.net
Tricolor recusou proposta da Lazio por Cipriano recentemente
Imagem: Renata Lutfi/saopaulofc.net

Marquinhos Cipriano

Um dos nomes mais falados em Cotia nos últimos tempos. Franzino, compensa com velocidade, dribles e bom papel tático. É mais um integrante da 'geração 99', que promete repetir o sucesso dos nascidos em 1996 no São Paulo. Tem 18 anos e foi comprado em 2015 por R$ 1 milhão do Desportivo Brasil.

Rony

Mais um que, mesmo muito jovem, foi prospectado por Osorio para treinos no time profissional. O zagueiro de bom porte físico completará 20 anos no próximo dia 18 e também foi observado por Ceni no CT da Barra Funda.

'Super 20'

Além de apostar em promessas ainda em formação, Dorival Júnior também tem no histórico a recuperação de atletas que já haviam ultrapassado a idade de categorias inferiores, mas não eram utilizados no profissional. Foi assim com Zeca no Santos, fazendo do garoto um dos mais cobiçados laterais do Brasil. No São Paulo, peças da vitoriosa 'geração 96' estão sem espaço e podem servir ao novo técnico: os zagueiros Hugo Gomes, Kal e Tormena, o lateral-direito Foguete, o volante Banguelê e o centroavante Pedro, estão nessa lista.

Futebol