PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Marcos Vinícius explica lesões e projeta estreia contra Corinthians

Marcos Vinícius é o novo reforço do Botafogo após troca de Sassá por Cruzeiro - Victor Silva/SSPress/Botafogo
Marcos Vinícius é o novo reforço do Botafogo após troca de Sassá por Cruzeiro Imagem: Victor Silva/SSPress/Botafogo

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

22/06/2017 18h52

Ele chegou ao Botafogo envolvido em uma troca com o Cruzeiro por Sassá. Apresentado nesta quinta-feira, Marcos Vinícius teve que explicar a sequência de lesões que impediram uma maior sequência no time de Belo Horizonte. O meia-atacante ainda projetou a estreia pelo Alvinegro contra o Coritnhians, no dia 2 de julho, em São Paulo.

"Já passou. As lesões que tive, foi em um momento infeliz. No Náutico fiquei quatro anos e não tive uma lesão muscular. No Cruzeiro é que comecei a ter esses problemas. Aqui no Botafogo estão fazendo um trabalho especial comigo", disse o jogador em coletiva de imprensa.

"O Botafogo fez uma programação especial para eu melhorar a parte física. Vou estar apto para jogar a partir do dia 2. Estou me sentindo bem. Só pego ritmo jogando", completou Marcos Vinicius.

O jogador revelou ainda que a participação de Jair Ventura foi decisiva para sua vinda ao Botafogo. Ele revelou que o treinador entrou em contato com o apoiador e que isso foi decisivo para sua vinda.

"Conversei com Jair, nos dias que eu vim ele me ligou, fiquei feliz de ter recebido a ligação dele, foi fundamental para eu vir. Vou trabalhar quietinho, como sempre fiz, quando oportunidade surgir vou estar pronto, seja por fora ou por dentro também, já fiz no Cruzeiro", explicou o novo reforço, que exalta a qualidade dos novos reforços.

"Qualificado, tem Montillo, Camilo, agora não, respeitar meus companheiros, quando precisar de mim vou estar preparado", acrescentou Marcos Vinicius.

O Botafogo tem direito a três alterações nas oitavas de final da Libertadores. Mesmo recém-chegado, Marcos Vinicius espera ser um dos escolhidos pelo técnico Jair Ventura.

"Expectativa muito boa. Todo jogador quer jogar essa competição. Tenho que trabalhar para isso no dia a dia, mostrar que tenho potencial para ajudar o Botafogo", finalizou o jogador.

Futebol