PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ricardo Bueno fica no Santa por promessa de salário em dia e torcida do avô

Há pouco mais de um mês no Arruda, Ricardo Bueno teve proposta do Goiás - Divulgação/Santa Cruz
Há pouco mais de um mês no Arruda, Ricardo Bueno teve proposta do Goiás Imagem: Divulgação/Santa Cruz

Roberto Oliveira*

Colaboração para o UOL, em Recife

19/06/2017 13h30

Artilheiro do Santa Cruz na Série B, o centroavante Ricardo Bueno teve propostas para deixar o Arruda, mas foi demovido da ideia pela diretoria coral. O principal motivo da permanência do jogador foi a promessa de manutenção dos salários em dia.

Até a sexta-feira (16) passada, o Santa Cruz devia ao elenco os vencimentos de abril, mas quitou o pagamento. Agora, o tricolor do Arruda tem dois dias atrasados do salário de maio, que venceu na última quinta (15). Um reunião entre Bueno e a diretoria, no entanto, afastou a possibilidade do atleta deixar o clube. Machucado, ele não jogou contra o Internacional no fim de semana.

"Ele recebeu proposta do Goiás, mas a gente chamou ele para conversar e ele confiou na diretoria", contou ao UOL Esporte o diretor de futebol do Santa Cruz, Jomar Rocha.

"Esses caras ficam preocupados, é normal. Ele chegou com salário atrasado, saída de treinador [Vinícius Eutrópio], desclassificação na Copa do Brasil. Aí as coisas vão melhorando, a gente pagou abril, as coisas vão se ajeitando", explicou.

Após o jogo contra o Internacional, no sábado (17), o vice-presidente Constantino Junior havia garantido da permanência do jogador no Arruda. E revelou uma curiosidade sobre a relação dele com o clube.

"O atleta permanece, quer defender o Santa Cruz, pela força da camisa, pela grandeza do clube, inclusive por laços familiares. O avô dele torce paro o Santa, o pai dele tem um carinho muito grande pelo Santa, então ele escolheu ficar no clube. Nós mostramos a ele a importância do projeto, com tanto pouco tempo de clube, ele já ganhou visibilidade no seu trabalho", afirmou o vice do Santa.

Segundo a reportagem apurou, além de receber a referida proposta do Goiás, Ricardo Bueno também foi oferecido à Chapecoense, mas não houve interesse na contratação do jogador e a conversa entre as partes não prosseguiu. 

*Com informações de Daniel Fasolin, em Chapecó

Futebol