PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sevilla pede R$ 5,5 milhões para liberar Sampaoli à Argentina

Jorge Sampoli é o mais cotado para ser técnico da Argentina - Divulgação/Sevilla FC
Jorge Sampoli é o mais cotado para ser técnico da Argentina Imagem: Divulgação/Sevilla FC

Do UOL, em São Paulo

26/05/2017 07h33

Ainda sem técnico, os dirigentes da seleção da Argentina seguem em busca de Jorge Sampaoli. O empecilho para a AFA (Associação de Futebol Argentino) na negociação tem sido o presidente do Sevilla, José Castro, que exige pagamento de 1,5 milhão de euros (R$ 5,5 milhões segundo a cotação atual) liberar o treinador.

“Me encanta que venham a Sevilla, mas a saída de Sampaoli vale 1,5 milhão de euros”, disse o mandatário do clube espanhol. Tal valor é da cláusula de rescisão de contrato.

Atualmente no Sevilla, Jorge Sampaoli é o mais cotado para assumir o cargo vago de treinador da seleção argentina - e, mesmo sem contrato, já estaria opinando nas convocações da equipe, admite o secretário-geral da AFA.

A ideia da AFA é anunciar Sampaoli como novo técnico da Argentina no dia 1 de junho. E a primeira partida dele como comandante seria justamente contra o Brasil, no dia 9 do mesmo mês, em amistoso em Melbourne, na Austrália.

Futebol