PUBLICIDADE
Topo

Futebol

'Novo Caniggia' luta contra Série C na Espanha e vive incerteza no Inter

Martín Luque tem futuro incerto no Inter. Antes luta contra Série C na Espanha - Alexandro Lops/Divulgação/Inter
Martín Luque tem futuro incerto no Inter. Antes luta contra Série C na Espanha Imagem: Alexandro Lops/Divulgação/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

26/05/2017 04h00

A contratação de Carlos Martín Luque pelo Inter foi repleta de expectativa. Contratado sob o rótulo de 'novo Caniggia', o atacante que então tinha 21 anos custou 3 milhões de dólares (R$ 9,8 milhões na cotação atual) aos cofres vermelhos, mas jamais rendeu o esperado. A um jogo do fim da temporada e ameaçado de rebaixamento à Série C da Espanha, ele tem futuro incerto. 

Luque tem mais um ano e meio de contrato pela frente. Hoje com 24 anos, ele disputa a temporada europeia emprestado ao Alcorcón, da Espanha. Por lá fez 31 jogos e não marcou gols. Ao menos conseguiu sequência de partidas, algo que não teria em Porto Alegre. Faltando três rodadas para o fim da Liga Adelante (segunda divisão espanhola) sua equipe tem 44 pontos, um a mais do que o primeiro na linha de rebaixamento. Caem quatro equipes para a terceira divisão por lá e apenas o Mirandés já encaminhou descenso. 

O vínculo com os espanhóis vai até 30 de junho, quando um novo período de incerteza começará. Dificilmente Luque será aproveitado no Internacional e até então não houve movimentação do clube para firmar a cláusula de compra prevista em contrato. 

É o segundo período emprestado de Luque. O primeiro havia sido ao Peñarol, do Uruguai, que depois de 16 partidas e apenas um gol marcado resolveu devolver o jogador. 

Contratação em parceria com Sonda e problemas de lesão

A contratação de Luque ocorreu em parceria com o empresário Delcir Sonda. Foi ele quem pagou as primeiras parcelas do valor ao Colón, clube formador dele. O Colorado arcaria com as últimas e acabou tendo problemas para efetuar os pagamentos. O Colón reclamou e apenas em 2016 a conta foi acertada. 

No Brasil, o 'Novo Caniggia', apelido dado pela imprensa argentina, parou nas lesões. Depois de sofrer um longo período de adaptação, teve problemas musculares repetidos e ficou muito tempo afastado. Disputou apenas 14 jogos pelo Inter e não balançou as redes adversárias. 

Em contato com a reportagem do UOL Esporte, o agente de Luque, Claudio Curtis, afirmou que aguarda uma manifestação do Alcorcón até o fim do vínculo por lá. Até então, recebeu apenas sondagens pelo jogador, mas nenhuma proposta oficial. 

Futebol