PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Edinho compara Pachequinho a Roger e pede efetivação no Coritiba

Edinho pede que se efetive Pachequinho no Coxa - Divulgação
Edinho pede que se efetive Pachequinho no Coxa Imagem: Divulgação

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/03/2017 04h00

Se depender do experiente volante Edinho, Pachequinho tem de ser efetivado publicamente pela diretoria do Coritiba. Em entrevista coletiva nessa sexta-feira (24), o ex-jogador do Grêmio, entre outros, comparou o técnico interino do Coxa a Roger Machado, hoje no Atlético-MG, e considerado uma das grandes revelações entre os técnicos brasileiros.

“Para nós, o treinador é o Pachequinho. Até segunda ordem ele está efetivado. Eu trabalhei com grandes treinadores, com Abel, com Muricy. Nesse último ano eu trabalhei com o Roger. O Pacheco, depois que ele voltou da Europa, ele voltou diferente. O jeito de treinar é quase idêntico ao do Roger. Acho que o Pacheco agora está com uma bagagem muito grande de treinamentos. A gente até comenta que raramente ele repete um treino. Eu acho que é um cara que quer muito essa oportunidade e o grupo está fechado com ele”, cravou.

Edinho ainda ressaltou os laços de Pachequinho com o clube, pelo qual foi ídolo nos anos 90. “É o cara que conhece o clube mais que qualquer outro, quer crescer. Ele quer essa função de treinador, não quer mais ser auxiliar, o grupo está com ele para que ele possa crescer também.”

Pachequinho assumiu o Coritiba após a demissão de Paulo César Carpegiani. Dirigiu o time no clássico contra o Atlético, derrota por 0 a 2, e não mais perdeu. São outros quatro jogos, com três vitórias, um empate, nove gols marcados e dois sofridos. No domingo, o Coxa recebe o Rio Branco às 19h30, no Couto Pereira.

Esporte