PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Contratação de Lucas Pratto faz São Paulo negociar Lyanco até o fim do ano

Lyanco deve ser negociado até o fim deste ano - Rubens Chiri/SPFC.net
Lyanco deve ser negociado até o fim deste ano Imagem: Rubens Chiri/SPFC.net

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

23/03/2017 04h00

Como todo clube brasileiro, o São Paulo não vive um grande momento financeiro. Por isso, a milionária contratação de Lucas Pratto obrigou a diretoria a mudar alguns pontos em sua programação. Segundo o UOL Esporte apurou, o departamento de futebol se comprometeu com o financeiro a negociar Lyanco ainda nesta temporada para recuperar o caixa tricolor.

Em 2017, o São Paulo deve pagar 6,5 milhões de euros ao Atlético-MG pelo atacante. A ideia do Tricolor é receber, no mínimo, 6 milhões de euros com o promissor zagueiro para equilibrar a balança. O planejamento do financeiro é tentar reduzir as dívidas para pagar menos juros. Neste ano, o São Paulo já havia negociado David Neres para o Ajax, da Holanda, por 12 milhões de euros, podendo subir o valor para 15 milhões caso o jogador alcance algumas metas de performance estipuladas.

O zagueiro está muito perto de acertar a sua transferência para o Torino, da Itália. Existe até a possibilidade de a operação ser fechado até a próxima semana. No entanto, ainda não está definido quando o jogador se transferiria para a Itália.

Como não está inscrito no Campeonato Paulista, o mais provável é ele já se mudar para a Europa para acelerar o processo de adaptação. No entanto, existe ainda a possibilidade de ele ficar no São Paulo até a abertura da janela de transferência, em julho. Desta maneira, poderia defender o São Paulo na Copa do Brasil, na Copa Sul-Americana e no início do Brasileiro.

A terceira opção, considerada menos provável, é o congelamento das negociações e a retomada no futuro próximo, com a venda e a saída ocorrendo no meio ou no fim do ano. No início de 2017, o São Paulo ficou muito perto de acertar a transferência para a Juventus, também da Itália, mas os italianos não ofereceram o valor esperado a a transação foi encerrada.

Futebol