PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Amigo de Mumuzinho, Cavani esquece admiração por Brasil: "Jogo pegado"

AFP PHOTO / Martin BERNETTI
Imagem: AFP PHOTO / Martin BERNETTI

Danilo Lavieri

Do UOL, em Montevidéu (Uruguai)

21/03/2017 19h20

A convivência com diversos jogadores brasileiros ao longo de sua carreira fez Edinson Cavani virar um admirador da cultura do Brasil. Em entrevista coletiva nesta terça-feira (21), no Complexo de Treinamentos do Uruguai, em Montevidéu, o atacante revelou até que tem amizade com o cantor Mumuzinho.

O artista brasileiro foi até Paris fazer uma visita aos brasileiros do PSG, como Thiago Silva e Lucas, e manteve contato com o uruguaio. Recentemente, inclusive, a equipe francesa revelou algumas playlists favoritas de seus atletas e a lista do artilheiro da europa tinha bandas como Raça Negra e Só Para Contrariar.

"Eu gosto muito da música brasileira, conheço algumas bandas. É uma música alegre, que traz muita felicidade e eu conheço alguns grupos por causa disso. Sou até amigo do Mumuzinho, que foi para Paris recentemente falar com o Thiago Silva", explicou ele para depois negar o pedido da imprensa brasileira para mostrar suas habilidades como cantor. "Cantar não dá, eu não consigo". 

Deixando de lado a admiração pela cultura brasileira, Cavani disse que espera um jogo duríssimo contra a seleção brasileira, mas prometeu que irá com a tradição uruguaia ao seu lado para conseguir os três pontos no jogo de quinta-feira, no Estádio Centenário.

O Uruguai está na vice-liderança das Eliminatórias, com 23 pontos, quatro atrás do Brasil, que é o líder na disputa por uma vaga na Copa de 2018.

"O Brasil é um time que passou por algumas etapas importantes e é difícil manter o nível o tempo inteiro. Agora, com o novo treinador, passou a ganhar e conseguiu um equilíbrio. Mas nós sempre seremos o Uruguai e vamos ter sempre a vontade de representar o nosso país. O jogo vai ser muito pegado", completou.

Eliminação na Champions ainda dói

Cavani também revelou que está difícil superar a eliminação do PSG da Liga dos Campeões. Depois de vencer o Barcelona por 4 a 0, os franceses conseguiram ser eliminados após a derrota por 6 a 1. Logo após o fim do jogo, o atacante revelou que conversou com Suárez, que inclusive está suspenso do jogo contra o Brasil.

"A gente se falou ainda dentro de campo e como eu disse. No primeiro jogo, a gente se deu bem e no segundo foi a vez deles. Mas foram eles que seguiram na competição. É muito dolorido, ninguém gosta de perder, ainda mais do jeito que foi. Mas são coisas do futebol e foi uma noite com muitas coisas. Algumas muito ruins para mim, mas outras muito boas para ele".

Futebol