PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bahia recebe proposta por Renato Cajá, e meia não viaja. Ponte negocia

Renato Cajá já defendeu a Ponte Preta em três oportunidades - AP Photo/John Raoux
Renato Cajá já defendeu a Ponte Preta em três oportunidades Imagem: AP Photo/John Raoux

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

15/02/2017 17h04

Renato Cajá pode ter feito no domingo (12) a sua última partida com a camisa do Bahia. Isso porque o clube tricolor recebeu uma proposta oficial pelo meia, que sequer viajou para Aracaju, onde o time baiano enfrenta o Sergipe nesta quinta-feira (16), na estreia da Copa do Brasil.

“A diretoria do Bahia recebeu uma proposta oficial pelo meia Renato Cajá, que - em decisão conjunta com os dirigentes tricolores - preferiu não viajar a Aracaju, para que se chegue a uma definição sobre a sua permanência ou não no clube”, divulgou a assessoria de imprensa.

O Bahia não revela, mas a Ponte Preta aparece como um dos interessados. Segundo apurou o UOL Esporte, o clube campineiro chegou a conversar com o Bahia, mas a negociação ainda não avançou. O grande entrave está na questão do salário. Com R$ 300 mil mensais, o jogador precisaria ter uma parte de seus vencimentos pagos pelo Bahia, já que o teto na Ponte Preta é de R$ 100 mil.

Meia de 32 anos, Renato Cajá foi contratado pelo Bahia em abril do ano passado, mas não conseguiu deslanchar na Série B. Fez apenas quatro gols e acabou perdendo espaço para Régis, hoje titular da posição.

Caso a negociação com a Ponte Preta se confirme, esta seria a quarta passagem de Renato Cajá pelo clube. Ele já passou pelo Moisés Lucarelli em 2008, entre 2011 e 2012 e entre 2014 e 2015.

Futebol