PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Goleiro da Chape faz milagre e cita 'guerreiros': "estavam nos iluminando"

Do UOL, em São Paulo

26/01/2017 23h55

Classificação e Jogos

A grande defesa feita por Elias logo no começo do segundo tempo do jogo desta quinta-feira (26), contra o Joinville, na Arena Condá, certamente fez muita gente recordar o milagre realizado por Danilo no jogo de volta da semifinal da Copa Sul-Americana 2016, contra o San Lorenzo, na mesma Arena. O lance, inclusive, fez o goleiro da Chape ter seu nome gritado pelos torcedores, o que o deixou bastante emocionado após o apito final do empate por 0 a 0.

“Muito importante. Mais uma vez, meu nome sendo gritado pela torcida, não tem preço. Guerreiros estavam iluminando a gente lá de cima e dando força para gente. Temos uns detalhes para corrigir, mas foi o segundo jogo da temporada e é normal cometermos erros.”, disse o goleiro em entrevista ao canal Sportv.

O lance aconteceu logo no primeiro minuto do segundo tempo, no mesmo gol defendido por Danilo em um dos lances mais lembrados do último jogo da Chape na Sul-Americana. Elias primeiro deu um rebote em um cruzamento, mas depois demonstrou muito reflexo e fez milagre em chute à queima-roupa de Alex Ruan.

A Chapecoense agora deixa de lado a Primeira Liga e começa a pensar no Campeonato Catarinense. Neste domingo (29), os comandados de Vágner Mancini encaram o Inter de Lages em mais um jogo na Arena Condá, às 17h (de Brasília).

Futebol