PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fábio Carille lamenta confusão e aprova reforços do Corinthians

Do UOL, em São Paulo

22/01/2017 00h09

O primeiro clássico de Fábio Carille como técnico do Corinthians em 2017 contou com uma briga entre seus jogadores e os do São Paulo. Em entrevista após a derrota nos pênaltis, o comandante afirmou que confusões desse tipo "não podem acontecer".

"Corinthians e São Paulo é pegado, mas não pode acontecer. Tem que trabalhar, jogar firme na bola, porque futebol é assim. Não é do jeito que aconteceu hoje", afirmou.

No início do primeiro tempo, o lateral Bruno tentou dar uma solada em Marquinhos Gabriel e iniciou uma confusão generalizada. Após muito empurra-empurra e discussões, Kazim, do Corinthians, e Maicon, do São Paulo foram expulsos.

"Sabíamos que isso (confusão) podia acontecer, trabalhei meu lado para que (o jogo) fosse na bola, mas tem coisas que fogem da mão. Não é bonito o que aconteceu, mas acontece. Vamos trabalhar para que nos próximos clássicos não aconteça. Eu vi que o Rogério tentou segurar lá, eu tentei também, mas já estavam lá dentro".

Apesar da derrota nos pênaltis, Carille afirmou ter aprovados os reforços em seus dois primeiros jogos - o anterior, a equipe venceu o Vasco por 4 a 1. "Aprovados estão os reforços, acompanho todos há muito tempo e está sendo muito bom, interagindo, participando bastante e a respostava foi positiva".

"O sentimento é de alegria. Estamos no caminho certo, é trabalhar bastante para a estreia. Em clássicos, a gente sabe que a pilha pode fugir do controle, da próxima vez vamos fazer de tudo para que isso não aconteça", completou.

Futebol