PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Solitinho, goleiro da "Democracia Corintiana", morre aos 56 anos

Solitinho durante a temporada 2003, quando era preparador de goleiros do Corinthians - Fernando Santos/Folhapress
Solitinho durante a temporada 2003, quando era preparador de goleiros do Corinthians Imagem: Fernando Santos/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

21/11/2016 17h40

O ex-goleiro Solitinho morreu nesta segunda-feira em São Paulo aos 56 anos. Parte do elenco da Democracia Corintiana, Carlos Roberto Solito lutava contra um câncer e estava paraplégico havia alguns anos.

O Corinthians confirmou a morte por meio das redes sociais. Solitinho disputou 34 jogos com a camisa do clube paulista, entre 1980 e 1982 - ele fez parte do elenco campeão paulista de 1982, o primeiro estadual da "Democracia".

O ex-arqueiro foi titular em 1980 e 1981 e depois viu seu irmão, Cláudio Roberto Solito, o Solito, assumir a camisa 1. Preparador de goleiros do Corinthians no começo da década passada (em 2005, no time profissional), Solitinho completaria 57 anos no dia 26 de dezembro. 

 

Futebol