PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atacante polêmico do Santos estreia com gol no time B

Diogo Vitor coleciona sumiços no Santos, tanto no time B, como no profissional - Divulgação/SantosFC
Diogo Vitor coleciona sumiços no Santos, tanto no time B, como no profissional Imagem: Divulgação/SantosFC

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

26/09/2016 17h05

O atacante Diogo Vitor, que coleciona polêmicas tanto no time B do Santos, como no elenco principal de Dorival Júnior, estreou com gol pelo Santos B na Copa Paulista neste fim de semana. O alvinegro praiano perdeu para o Bragantino por 2 a 1, em Bragança Paulista, mas a revelação santista balançou as redes.

No intervalo do jogo, o técnico Kleiton Lima decidiu colocar o jogador para iniciar o segundo tempo. Aos oito minutos, quando o Santos perdia por 1 a 0, Diogo Vitor marcou o gol de empate da equipe santista. A qualidade técnica do “prata da casa” sempre foi elogiada. Aliás, o atacante só permaneceu no clube após sequência de polêmicas, incluindo sumiços, devido a sua condição técnica.

Somente no período com o sub-23 foram dois sumiços, com direito a punição salarial e suspensões. Em uma delas, Diogo Vitor alegou conjuntivite, mas não se apresentou ao departamento médico. Na equipe principal, ele sumiu uma vez e foi dispensado por Dorival Júnior. Antes disso, ele já colecionava problemas nas categorias de base.

Em um de seus sumiços no Santos neste ano, Diogo Vitor alegou que a sua avó, Maria Luzia, havia morrido para se justificar. A cúpula santista ficou sensibilizada com o fato e ligou na casa do jogador, mas se surpreendeu mais uma vez, já que a própria avó atendeu a ligação. Dona Maria diz que ficou surpresa com a história e não sabe dizer se o neto faltou com a verdade ou se cometeu um engano, pois quem morreu foi a bisavó do atleta. 

Diogo arrumou confusões e teve até que voltar a sua cidade Natal, em Coqueiral-MG. Em abril deste ano, ainda em Minas Gerais, na cidade de Santana da Vargem, o atacante se envolveu em um acidente na madrugada. Ele estava em uma caminhonete que bateu em uma parede, mas ninguém se feriu.

A revelação santista seria apresentada ao torcedor na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano, mas ele sumiu e não participou da competição. Diogo alegou dor de dente e ainda rejeitou o tratamento do clube.

Diogo, que sempre foi considerado uma 'joia' nas categorias de base do Santos, atua do lado esquerdo do ataque, mas também tem treinado como armador centralizado.

Futebol