PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Impossível? Para sonhar com G4, São Paulo precisa vencer oito de 12 jogos

Ricardo Gomes dá instruções ao São Paulo durante partida contra o Atlético-PR - Rubenss Chiri/SPFC
Ricardo Gomes dá instruções ao São Paulo durante partida contra o Atlético-PR Imagem: Rubenss Chiri/SPFC

Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

23/09/2016 07h46

Eliminado da Copa do Brasil pelo Juventude, o São Paulo viu ficar distante o sonho de uma vaga na Libertadores em 2017. Para disputar a competição sul-americana, o caminho é terminar o Brasileiro entre os quatro primeiros. Entretanto, a história mostra que, para isso, o clube precisa vencer pelo menos oito dos 12 jogos que restam na competição.

Desde 2006, quando o Brasileirão passou a contar com 20 clubes na disputa por pontos corridos, a pontuação mínima de um quarto colocado foi de 61 pontos. Em dez edições, isso ocorreu apenas três vezes, em 2007, 2011 e 2013. Nas outras edições, a pontuação obtida pelo último classificado para a Libertadores foi superior.

O problema é que, faltando 12 rodadas, o São Paulo tem apenas 34 pontos e, para chegar aos 61, precisa de mais 27. Isso significa pelo menos oito vitórias daqui para frente, além de mais três empates. Se vencer sete e empatar as outra cinco partidas, chegará 'apenas' a 60 pontos. 

Fazer 27 pontos dos 36 restantes significa um aproveitamento de 75% - bem superior aos 65% do atual líder Palmeiras.

“Brasileiro está muito embolado. Hoje, infelizmente, a gente está na parte de trás da tabela, mas com condições de dar um pulo se conseguir uma sequência de vitórias. Só depende de nós, do pensamento de cada um para termos algum propósito no Brasileiro. Ou vamos brigar contra o rebaixamento ou por algo a mais”, disse Rodrigo Caio.

A sequência precisa ser grande e começar logo. O São Paulo, atualmente, está mais perto da zona do rebaixamento (seis pontos de distância) do que do G4 (oito pontos). O próximo adversário é o Vitória, em Salvador, no domingo.

Futebol