PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Empresário de Touré diz que Guardiola trata os jogadores "como cachorros"

Guardiola recebeu críticas por causa da sua relação com os jogadores - Xinhua/Wang Lili
Guardiola recebeu críticas por causa da sua relação com os jogadores Imagem: Xinhua/Wang Lili

Do UOL, em São Paulo

23/09/2016 16h09

Dias depois de fazer duras críticas a Pep Guardiola, Dimitri Seluk, empresário de Yaya Touré, voltou a atacar o treinador do Manchester City. Em entrevista à BBC, o empresário disse que o comandante trata os atletas "como cachorros".

"Para mim, acontecem coisas muito estranhas no Manchester City porque Yaya joga com eles há muitos anos, assim como Hart. Kompany jogou muitos anos e vem um novo treinador e diz que esses jogadores estão fora", disse Seluk.

Na entrevista, Seluk falou novamente sobre a passagem de Guardiola pelo Barcelona. Segundo ele, os títulos conquistados no clube catalão fazem o técnico pensar que é Deus.

"Ele só pensa em si mesmo. Ele acha que já é Deus. Ele ganhou com o Barcelona muitos títulos, mas Yaya também ganhou os mesmos títulos com o Barcelona. Pep pensa que ganhou tudo e pode fazer o que ele quer", frisou.

No último dia 20, após Seluk dizer que Yaya estava sendo humilhado no Manchester City, Guardiola irritou-se e exigiu desculpas para voltar a escalar o meio-campista marfinense, que não foi inscrito na Liga dos Campeões e está encostado no elenco. Touré voltou a treinar com o grupo, mas precisará de mais para voltar a jogar.
 
"Ele continuará fora, ao menos que haja um pedido de desculpas, em primeiro lugar, com o clube, depois com os seus companheiros (de Touré) e por último com o treinador. Se não fizer isso, não joga", disse Guardiola.
 
"Yaya é profissional. Ele continuará fazendo tudo que lhe for pedido e deixará o clube ao final da temporada. Se o City quiser continuar o pagando para não jogar, isso é um problema deles. No entanto, quando o contrato acabar, ele falará a verdade sobre Guardiola, e os torcedores do clube não irão gostar do que vão ouvir", rebateu Seluk em entrevista ao Daily Mirror.

Futebol