PUBLICIDADE
Topo

Futebol

'Desconhecidos' registrados no BID usarão Coritiba por questões físicas

Dois reforços "misteriosos" foram registrados pelo Coritiba no BID da CBF - Reprodução/CBF
Dois reforços 'misteriosos' foram registrados pelo Coritiba no BID da CBF Imagem: Reprodução/CBF

Do UOL, em São Paulo

21/06/2016 10h29

Os dois jogadores ‘misteriosos’ que apareceram registrados pelo Coritiba no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na última segunda-feira, usarão o clube alviverde por questões físicas. Pelo menos é o que diz a nota publicada no site oficial do Coritiba na última noite.

“Esclarecemos que Ricardo Gomes e Dion Henrique irão realizar um período de recuperação médica e física na estrutura do Coritiba”, diz a nota, que ainda dá a entender que o Coritiba pode servir de ponte para uma futura transferência. “Estes atletas fazem parte de uma parceria técnica construída junto ao futebol chinês”, acrescenta o comunicado.

O Coritiba ainda informa que o contrato realizado com os atletas será 100% custeado pela parceria a custo zero para o clube. “O registro de ambos no BID é uma segurança ao Coxa, que já recebeu em outras ocasiões atletas para realizar período de recondicionamento físico no Centro de Excelência no Esporte do Coritiba (CEECOR)”, completa a nota.

Ao longo de quase toda segunda-feira, o clube fez mistério em relação aos dois nomes publicados no BID e disse que não comentaria o assunto. A nota foi divulgada apenas depois das 22h.

Ricardo Gomes Vilana, o Ricardinho, teve o Guaratinguetá como seu último clube e acumulou passagens por diversos clubes de países europeus, como Suíça, Romênia e Espanha. O mais conhecido deles é o Steaua Bucaresti, da Romênia.

Já as informações de Dion Henrique são mais escassas. Segundo o Jornal do Povo, do Mato Grosso do Sul, ele chegou a ser anunciado como reforço do Misto-MS no começo deste ano e foi um dos 17 jogadores que registraram um boletim de ocorrência contra a diretoria do clube após ficarem sem comida e serem despejados do hotel onde estavam alojados.

Futebol