PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Nove torcedores do Atlético-PR são presos em operação contra organizadas

Demafe apreendeu arma de grosso calibre na operação denominada Estratagema - DIvulgação/Twitter da Demafe
Demafe apreendeu arma de grosso calibre na operação denominada Estratagema Imagem: DIvulgação/Twitter da Demafe

Do UOL, em São Paulo

28/04/2016 11h42

Nove torcedores rubro-negros foram presos – um deles em flagrante – na manhã desta quinta-feira em operação que mira coibir ações violentas das torcidas organizadas de Atlético-PR e Coritiba.

Batizada de “Estratagema”, a operação, que se estende por Curitiba e região metropolitana, durou cerca de 90 dias e tem como principal alvo a torcida “Os Fanáticos”, do Atlético-PR, suspeita de parar um ônibus com torcedores do Coritiba e agredir violentamente um torcedor alviverde.

Na manhã desta quinta-feira, agentes do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e da Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e eventos (Demafe) cumpriram mandados de prisão e de busca e apreensão contra membros de torcidas organizadas.

“Instalamos esse inquérito policial baseado em um fato grave ocorrido em 2015 onde, por emboscada, abordaram um ônibus do Coritiba e acabaram agredindo um rapaz que ficou desmaiado, não chegando à morte por um fato inexplicável, e baseado nesses fatos que começaram as investigações”, explicou Clóvis Galvão, delegado-titular da Demafe, em entrevista coletiva concedida na manhã desta quinta-feira.

Foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e nove de prisão temporária, com validade de 30 dias. Uma arma de grosso calibre foi apreendida na operação.

A operação visa coibir a violência em estádios de futebol, e acontece três dias antes da primeira decisão do Campeonato Paranaense entre Atlético-PR e Coritiba, marcado para este domingo, às 16h (horário de Brasília), na Arena da Baixada.

De acordo com o Demafe, os presos devem responder por homicídio tentado, roubo em concurso e dano ao patrimônio público. As penas somadas dos crimes praticados passam de 30 anos de prisão.

Futebol