PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jornal catalão culpa Mundial e falta de rodízio por queda do Barcelona

Técnico Luis Enrique foi criticado por rodar pouco seu time titular - Paul Gilham/Getty Images
Técnico Luis Enrique foi criticado por rodar pouco seu time titular Imagem: Paul Gilham/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

15/04/2016 10h03

Um artigo publicado no jornal catalão "Sport" identificou as razões pelas quais o Barcelona perdeu três dos últimos quatro jogos - depois de ficar 39 partidas seguidas sem uma única derrota ao longo da temporada. Na opinião da publicação, o problema é físico e se deve ao excesso de jogos e à falta de rodízio entre os titulares.

Um dos "culpados" apontados é o Mundial de Clubes, vencido pelo Barça no fim do ano passado, que obrigou o elenco a viajar ao Japão no meio da temporada e disputar dois jogos extras. Ao invés de ser considerado um dos principais títulos do mundo, o torneio da Fifa foi encarado como um fardo.

O jornal argumenta que o Barcelona já disputou 55 jogos na temporada - 10 a mais que o Bayern de Munique e 12 a mais que o Real Madrid, por exemplo. Além do Mundial, Messi e companhia também disputaram duas Supercopas no início da temporada - a da Espanha e a da Europa.

O técnico Luis Enrique também foi criticado por "confiar em apenas 14 jogadores" do elenco e promover pouco rodízio para descansar os atletas. A prática, bastante comum no futebol europeu, não foi adotada pelo Barça nesta temporada, que repetiu o time titular quase sempre que possível.

O "Sport" também diz que a parada da data Fifa para os jogos das seleções contribuiu para o cansaço, mas que "não é desculpa" porque vários outros grandes clubes europeus também precisam ceder a maioria de seus jogadores para seus países.

O Barcelona foi eliminado pelo Atlético de Madri nas quartas de final da Liga dos Campeões com uma derrota por 2 a 0 no Vicente Calderón, e tropeços no Campeonato Espanhol fizeram com que a vantagem na liderança em relação a Atlético e Real caísse para apenas três e quatro pontos, respectivamente.

Futebol