PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ele não deixou saudade no futebol. Mas levou bolada por erro em contrato

Jed Leicester / Stringer
Imagem: Jed Leicester / Stringer

Do UOL, em São Paulo

26/02/2016 17h56

Ex-meio-campista inglês, Jimmy Bullard, agora com 37 anos, não deixou saudade no futebol – pelo menos não dentro de campo. Fora dele, o rapaz é uma figura, além de ser apresentador de um programa britânico de futebol e humor, o The Magic Sponge – no qual contou história curiosa sobre como o Hull City o deixou rico por erro no contrato.

O Hull City o contratou em 2009, com combinado verbal de um salário semanal de 40 mil euros (R$ 130 mil, em valor aproximado, segundo a conversão da época). Quando na reunião para assinar os papéis, notou o erro: o montante escrito dizia R$ 160 mil.

“Cutuquei o meu agente e ele disse: ‘sim, é um erro. Assina!’ E depois de assinar, de soprar para a tinta secar rápido, vi que ainda havia mais R$ 15 mil por apresentação”.

“De todo modo, estou celebrando”, prosseguiu. “Obrigado ao Hull City por mudar minha vida. Tenho dinheiro por todos os lados, estou sangrando dinheiro”, brincou.

Bullard, em passagem marcada por lesões pelo time, disputou 23 partidas – e marcou apenas 6 gols. Ainda assim, se lembra com carinho dos dois anos mais proveitosos de sua vida... pelo menos no âmbito financeiro. 

Futebol