PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Roger alivia Bobô e diz que empate do Grêmio mostrou coisas boas

Do UOL, em Porto Alegre

29/01/2016 00h08

O técnico do Grêmio aliviou o centroavante Bobô, que virou vilão no empate do Grêmio com o Avaí em 2 a 2 nesta quinta-feira (28). Nem o pênalti ou as chances perdidas marcam a imagem do comandante de ataque aos olhos do treinador. Segundo ele, ainda, o empate mostrou coisas boas, como a atuação de Lincoln e a entrada de Tilica. 

"Há uma sequência de três batedores e o Bobô era a primeira opção", disse Roger sobre a cobrança de pênalti aos 38 minutos, perdida, e que em seguida acabou no gol de empate do Avaí. "Faz parte do ofício do centroavante. Ele não vai acertar sempre. O importante para mim não se omitir. Errar e acertar, faz parte do jogo", completou. 
 
Bobô abriu a semana querendo mostrar para a direção gremista que não é necessário contratar outro centroavante. Porém, acabou como vilão a primeira chance que teve na temporada. 
 
E nem mesmo ceder o empate quando esteve na frente por duas vezes abalou o técnico Roger Machado. Segundo ele, coisas positivas também apareceram apesar do resultado considerado ruim. 
 
"Saímos com a sensação que o resultado não foi bom, porque o jogo esteve em nossas mãos por duas vezes, mas a atuação foi boa, segura. Tivemos boas variáveis com Lincoln no primeiro tempo, isso me dá uma resposta importante do que ele pode mostrar. O Tilica entrou com personalidade, finalizou em gol, fechou o setor. O resultado não foi bom, mas o jogo sim", completou o treinador. 
 
Os quatro time do grupo B da Primeira Liga somam um ponto cada. Inter, Coritiba, Avaí e Grêmio empataram seus jogos. Mas os dois últimos marcaram gols  por isso aparecem nas primeiras posições na classificação. 
 
O próximo compromisso será pelo Campeonato Gaúcho, fora de casa, diante do Brasil de Pelotas. 
 

Futebol