PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio anuncia ídolo como treinador. Roger Machado assume o time

Roger Machado foi anunciado e comandará o treinamento do Grêmio nesta terça - Lucas Uebel/Preview.com
Roger Machado foi anunciado e comandará o treinamento do Grêmio nesta terça Imagem: Lucas Uebel/Preview.com

Marinho Saldanha*

Do UOL, em Porto Alegre

26/05/2015 11h07

Roger Machado é o novo técnico do Grêmio. O ex-lateral esquerdo, que comandou o Novo Hamburgo durante o Gauchão, foi anunciado no início da tarde desta terça-feira. Com carreira vitoriosa pelo clube, ele começou no cargo exatamente no Tricolor. Foi auxiliar e interino do time até 2014.

Roger esperava uma chance de treinar o Grêmio naquele ano, se via pronto para assumir a equipe. Mas a direção optou por contratar Enderson Moreira. Seria mantido como auxiliar, mas preferiu buscar novo passo na carreira. 
 
Então passou por Juventude e Novo Hamburgo. Neste Campeonato Gaúcho, por pouco não eliminou o Grêmio na Arena. Após empate em 1 a 1, o time de Porto Alegre avançou nos pênaltis para as semifinais do Estadual. 
 
O nome de Roger foi debatido em reunião da direção na noite de segunda-feira. Aceito após as recusas de Doriva e Cristóvão Borges. Agora, uma rápida negociação com o profissional deve finalizar o acordo. Roger ganhará menos do que os antes procurados. Terá salários inferiores a R$ 150 mil mensais. Ele carregará o auxiliar Roberto Ribas e a comissão técnica será composta por profissionais que já estão no clube. James Freitas, que comandou o time interinamente, será o responsável pela ligação com a base e também auxiliar. Rogério Dias Luiz é o preparador físico e Rogério Godoy o preparador de goleiros. 
 
De acordo com o site oficial do Grêmio, "nenhum treinador em atividade no Brasil é tão identificado com o Grêmio quanto Roger". Ele já comandará o treinamento da tarde desta terça-feira e será apresentado no CT Luiz Carvalho após a atividade. 
 
Nesta terça, o Grêmio fechou uma semana sem um treinador anunciado após a saída de Luiz Felipe Scolari. É o maior período sem um treinador desde 2009, quando aguardou por um mês por Paulo Autuori. 
 
Roger tem 40 anos e se encaixa no perfil estipulado pela direção gremista. Formado na base do clube, tem forte ligação com a agremiação onde se tornou profissional, atuou por nove anos e venceu três Copas do Brasil, quatro Campeonatos Gaúchos, um Brasileiro, uma Libertadores, uma Recopa e uma Copa Sul. Em 2011 passou a ser auxiliar gremista e quando comandou o time interinamente venceu o Inter duas vezes.
 
*Atualizado às 12h25

Futebol