PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio rescinde com Elano e se livra de pagamentos futuros

Elano não tem mais ligação alguma ao Grêmio, pois teve contrato rescindido - Lucas Uebel/Preview.com
Elano não tem mais ligação alguma ao Grêmio, pois teve contrato rescindido Imagem: Lucas Uebel/Preview.com

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

22/08/2014 19h52

O Grêmio rescindiu contrato com meia Elano. O jogador, que já havia encerrado seu empréstimo com o Flamengo, agora não tem ligação também ao clube gaúcho. Assim, o Tricolor deixa de ter a responsabilidade salarial com o atleta, que duraria até dezembro deste ano.

Se fosse obrigado a retomar integralmente o salário de Elano, o Grêmio gastaria R$ 2 milhões até o encerramento do vínculo, já que os vencimentos mensais do atleta eram de R$ 500 mil mensais. Porém, houve um consenso e o jogador se desligou do clube. Os valores do acordo não foram divulgados.

"Conversamos com os procuradores dele, foi um acerto consensual. Foi uma rescisão composta com o Flamengo", disse o diretor executivo de futebol do Grêmio, Rui Costa, ao UOL Esporte.

O meia de 33 anos, agora, pode assinar com qualquer clube para seguir sua carreira. No entanto, o planejamento não é este por enquanto. Segundo ele, irá dar 'um tempo' no futebol e avaliar o que é melhor. A ideia é voltar para o futebol do exterior, e a aposentadoria está descartada.

"Tomei a decisão. Daria uma pensada para aceitar algo no Brasil. Pretendo ir para fora, pois me sinto em condições de jogar futebol. Não vou acertar com alguém amanhã. Se não acontecer, paciência. Gosto de olhar para trás e ter amigos. Quero refletir", disse Elano quando se desligou do Fla.

Quando rescindiu com o clube carioca, o armador já foi rejeitado, de cara, pelo Grêmio. Os gaúchos não queriam seu retorno de forma alguma, mas ainda havia o contrato forçando a ligação. Tal barreira foi superada nesta sexta-feira.

A passagem pelo Grêmio foi muito boa no primeiro ano. Mas caiu em seguida. Em 2012, quando chegou no meio da temporada, Elano jogou 30 partidas e marcou 8 gols, virando titular e referência do time então treinado por Vanderlei Luxemburgo. Em 2013, porém, perdeu espaço e acabou reserva. Foram 39 jogos e 7 gols na temporada. E neste ano, fora dos planos, foi cedido ao Flamengo, onde também não conseguiu brilhar disputando 15 jogos e marcando 3 gols apenas.

Futebol