Topo

Futebol


Marcelo e seu filho são alvos de racismo após clássico na Espanha

Enzo se diverte com o pai Marcelo e com Neymar na premiação da Copa das Confederações - REUTERS/Kai Pfaffenbach
Enzo se diverte com o pai Marcelo e com Neymar na premiação da Copa das Confederações Imagem: REUTERS/Kai Pfaffenbach

Do UOL, em São Paulo

06/02/2014 09h38

De acordo com informações do jornal espanhol Marca, o lateral brasileiro Marcelo e o seu filho foram alvos de racismo por parte de torcedores do Atlético de Madri, após o clássico contra o Real, nesta quarta-feira.

Alguns minutos após final do jogo, poucos torcedores do Atlético que ainda permaneciam no estádio começaram a gritar e ofender Marcelo, que estava no gramado. Entre os cantos, eles proferiam: "Marcelo é um macaco".

Em seguida, o filho do lateral chegou e fez companhia ao pai. Nem por isso os torcedores rivais amenizaram nas ofensas. Até mesmo o garoto Enzo, de 4 anos, foi vítima dos insultos: "O Marcelo não é o teu pai", diziam.

No final de 2013, Marcelo já havia sido alvo de ofensas racistas por parte de torcedores do Valencia, enquanto ele fazia aquecimento para jogo do Campeonato Espanhol. Na ocasião, ele também foi chamado de 'macaco'.

Outros brasileiros também já sofreram o mesmo tipo de problema na Espanha. No começo de 2013, o lateral Daniel Alves, do Barcelona, disse que é comum jogadores serem alvo de ofensas racistas no país e que essa "é uma guerra perdida". A declaração aconteceu após ele afirmar ter sido xingado por torcedores do Real Madrid em jogo da Copa do Rei. Em 2011, ele também disse que foi chamado de 'macaco'.

Nesta quarta-feira, o Real Madrid venceu o clássico por 3 a 0, em jogo válido pela ida da semifinal da Copa do Rei. Dentro de campo, o clima também ficou tenso e a partida foi marcada por várias confusões e entradas duras. O Real, entretanto, vai para o jogo de volta podendo perder por até dois gols de diferença para ir à final.

Futebol