PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Papa Francisco chama jogadores do San Lorenzo de loucos por visita

Do UOL, em São Paulo

18/12/2013 14h58

O Papa Francisco se reuniu nesta quarta-feira por cerca de 35 minutos com a delegação formada por jogadores e diretores do San Lorenzo, time do coração do pontífice. A equipe foi até o Vaticano e presentou o Papa com uma réplica do troféu do Torneio Início do Campeonato Argentino, conquistado no último domingo com o empate com o Vélez Sarsfield.

“O Papa nos disse que erámos loucos de vir até aqui”, disse Marcelo Tonelli, vice presidente do clube argentino.

O dirigente disse que a viagem já estava prevista em caso de conquista do título, algo que não acontecia desde 2007.

“Faz tempo que fizemos a promessa de vir e dar o troféu de presente em caso de título, e aqui estamos. Além disso, trouxemos uma camisa comemorativa que lançamos e as luvas do nosso goleiro”, disse.

Tonelli ainda disse que a conquista do San Lorenzo é um milagre de Papa Francisco. “Ele nos deu muita energia. A vitória do San Lorenzo foi um milagre seu”, brincou.

O pontífice ainda anunciou que o troféu do Torneio Início, espécie de primeiro turno do Campeonato Argentino, e as luvas do goleiro Sebástian Torrico ficaram expostos no Museu do Vaticano, que é visitado por cerca de cinco milhões de pessoas por ano.

O presidente do clube, Matías Lammens, revelou que também foram debatidos outros temas além do futebol, como sociais. 

Futebol