PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Marcos Assunção aciona o Palmeiras na Justiça e cobra R$ 670 mil

Marcos Assunção alega que Palmeiras não pagou direito de imagem - Almeida Rocha/Folhapress
Marcos Assunção alega que Palmeiras não pagou direito de imagem Imagem: Almeida Rocha/Folhapress

Bruno Thadeu e Vanderlei Lima

Do UOL, em São Paulo

27/08/2013 11h49

O volante Marcos Assunção acionou o Palmeiras na Justiça. O jogador alega que o clube alviverde não pagou dois meses de direito de imagem e pede R$ 670.728,64. O processo está na 17ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo.

O UOL Esporte entrou em contato com a assessoria de comunicação do Palmeiras na manhã desta terça, sendo informado que o clube não comenta assuntos jurídicos para a imprensa. No entanto, o advogado do Palmeiras, André Sica, reconheceu atraso de dois meses de direito de imagem. De acordo com André Sica, o Palmeiras foi notificado e entrará com embargo à execução.

Advogado de Marcos Assunção, Régis Villas Boas criticou o comportamento do Palmeiras e entende que seu cliente foi desprezado pelo clube paulista. “Levamos à Justiça porque se esgotou toda tentativa de contato com o Palmeiras. Eles poderiam pelo menos dar uma justificativa. Mas não deram a mínima para o Assunção. Ele se sacrificou pelo Palmeiras, jogou lesionado na tentativa de ajudar o clube contra o rebaixamento, mas infelizmente não houve reconhecimento por parte do Palmeiras”, disse o advogado do volante.

Futebol