PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sheik pede mais sinceridade no futebol, mas condena atitude de Valdivia

Emerson disse que futebol precisa de mais gente como Edmundo e Paulo Nunes - Rodrigo Capote/UOL
Emerson disse que futebol precisa de mais gente como Edmundo e Paulo Nunes Imagem: Rodrigo Capote/UOL

Do UOL, em São Paulo

13/08/2013 06h00

O atacante Emerson Sheik acabou caindo em contradição durante sua participação no programa “Bem, Amigos”, do SporTV. Primeiro, o atleta pediu mais sinceridade no futebol, depois, ele condenou a atitude de Valdivia, que forçou o cartão amarelo para ficar suspenso da Série B enquanto defenderá a seleção chilena.

“Acho que falta (sinceridade). Estava falando esses dias, falta magia, aquela alegria. O Edmundo, Paulo Nunes, essa galera que brincava mais. Hoje, você faz qualquer coisa, é agressão. Está ofendendo instituição, atleta, aí pula para a família”, disse Emerson Sheik.

Logo depois, o corintiano foi perguntado sobre a atitude de Valdívia em ter forçado o terceiro cartão amarelo, e o atacante não poupou o meia do rival de críticas.

“Eu não vi as imagens, mas vi os comentários, alguns lances. Deixa a desejar como profissional. Não entendo que seja uma atitude que sirva de exemplo para alguém. Talvez seja punido por isso, não sei”, afirmou.

“Não me deixam falar muito, daqui a pouco o Tite briga, daqui a pouco ele liga aí. Não é atitude bacana. Palmeiras é muito grande para aceitar uma atitude dessa de uma atleta, uma vez que está disputando um campeonato da segunda divisão de um Campeonato Brasileiro, pensando em subir, onde é o lugar do Palmeiras. Então, não é uma atitude bacana”, completou.

A resposta do Sheik chegou a incomodar o comentarista Caio Ribeiro, que questionou o fato  de um jogador ser punido por ser sincero.

“Respeitando opinião de todo mundo, principalmente do Sheik, qual a diferença do que o Valdívia fez para o que o Lodeiro fez o gol contra o Atlético-MG e tirou a camisa para forçar o terceiro amarelo? Quando o D’Alessandro tomou cartão amarelo para ficar fora contra o Náutico e jogar contra o Grêmio por conta do terceiro amarelo? A gente está punindo a sinceridade. A sinceridade do Valdivia em avisar antes está sendo punida. Aí, eu acho que a gente perde um pouco a razão”, falou o comentarista.

Valdivia recebeu o terceiro cartão amarelo na partida contra o Paraná no último sábado para que ficasse suspenso da rodada em que estará com a seleção chileno. Depois do duelo, o atleta admitiu que forçou o amarelo.

Nesta segunda-feira, o procurador do STJD, Paulo Schimit, admitiu que o jogador corre o risco de ser suspenso por até seis jogos pela atitude.

Futebol