PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ganso rompe parceria enfraquecida com a DIS e assina com empresário de Kleber

Lucas Tieppo e Renan Prates

Do UOL, em São Paulo*

18/07/2013 18h03

O meia Paulo Henrique Ganso tomou uma importante decisão na condução da sua carreira fora de campo. O camisa 8 do São Paulo rompeu com o grupo DIS e agora tem como representante o empresário Giuseppe Dioguardi, o Pepinho, que também agencia o atacante Kleber, do Grêmio, entre outros jogadores.

A relação entre Ganso e DIS estava enfraquecida desde a ida do meia para o São Paulo, em setembro do ano passado. Desde então o braço esportivo do Grupo Sonda já não representava mais o jogador, o que ficou a cargo do seu irmão Papito.

Assim, Ganso estava sem um representante oficial desde que trocou a Vila Belmiro pelo Morumbi, já que Papito não atua nessa área. Há cerca de um mês, o meia assinou com Pepinho e voltou a ter um representante. O UOL Esporte apurou que ainda não foi necessária uma atuação mais direta junto à direção tricolor.

DIRETOR REBATE CENI E CRITICA SAÍDA DE BOLA DO GOLEIRO

Apesar do fim do vínculo, nada muda no fato de a DIS ser dona de 68% dos direitos econômicos do jogador – os outros 32% são do São Paulo, como ficou acordado na sua transferência do Santos para o time tricolor.

O vínculo entre Ganso e DIS existe desde quando o jogador estava na base do Santos e sempre causou conflito na passagem do meia pelo time alvinegro. Os investidores, que compraram parte dos direitos de Ganso na gestão do ex-presidente Marcelo Teixeira, e a atual diretoria do clube brigam na justiça por conta do dinheiro da venda de André e Wesley realizadas em 2010. 

O desacordo influenciou nas negociações entre Santos e Ganso para a renovação contratual e chegou ao limite durante as conversas para a ida do meia para o São Paulo em setembro do ano passado.

Tanto que a DIS  injetou R$ 7,6 milhões no negócio, ficando com 68% dos direitos econômicos, e ajudou o São Paulo a chegar aos R$ 23,9 milhões exigidos pelo time santista para fechar negócio. 

*Atualizado às 20h58

Futebol