PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Paulinho diz que já foi vítima de racismo na Europa

Paulinho anunciou sua saída do Corinthians depois da Copa das Confederações - Mauro Horita/AGIF
Paulinho anunciou sua saída do Corinthians depois da Copa das Confederações Imagem: Mauro Horita/AGIF

Do UOL, em São Paulo

10/07/2013 18h57

De saída do futebol brasileiro, o volante Paulinho, contratado pelo Tottenham, disse que já sofreu racismo na Europa. Em entrevista ao programa Altas Horas, da Globo, o jogador lembrou do ocorrido quando defendeu o FC Vilnius.

"Na Lituânia, em alguns jogos, eu sofri racismo. São coisas difíceis da gente falar e explicar", disse Paulinho, que esteve na Lituânia entre 2006 e 2007, quando tinha 18 anos.

Também participando do programa, o ex-jogador Zico falou sobre o racismo que acontece na Europa. "Para eles, isso é uma coisa comum”, explicou o ídolo flamenguista.

Depois da passagem pelo Vilnius, Paulinho ainda jogou na Polônia pelo LKS Lodz. Depois disso, o atleta voltou ao Brasil para defender o Audax.

Ainda durante a atração da Globo, Paulinho falou sobre as conversas que teve com Neymar durante a Copa das Confederações e admitiu que ambos comentavam a ida para o exterior. “Havia a ansiedade, mas nós estávamos focados na Copa e na seleção”, finalizou o atleta.

Logo após o fim da Copa das Confederações, o volante deu uma entrevista coletiva anunciando que deixaria o Corinthians. O jogador chegou a chorar em sua despedida.

Futebol