Topo

Futebol


Dívida de Santos com Neymar 'acelera' saída do craque e estremece relação

Santos deve cerca de R$ 7 milhões referentes ao pagamento das luvas parceladas  - Alex Almeida/UOL
Santos deve cerca de R$ 7 milhões referentes ao pagamento das luvas parceladas Imagem: Alex Almeida/UOL

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP) *

15/05/2013 06h00

A relação entre Santos e Neymar está estremecida pela primeira vez desde a ascensão do craque, no início de 2010. O UOL Esporte apurou que um dos motivos é uma dívida do clube com o jogador. A cúpula santista deve cerca de R$ 7 milhões referentes ao pagamento das luvas parceladas da última renovação contratual do atleta em 2011.

A dívida, inclusive, pode acelerar a transferência de Neymar para o futebol europeu já na próxima abertura da janela de transferência, em agosto deste ano. O vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues, retornou na manhã da última segunda-feira da Espanha. Ele viajou para discutir a transferência do atacante.

O clube pretende negociar Neymar para pagar a dívida que tem com ele e principalmente para lucrar com a sua saída. Isso porque o Comitê Gestor é pressionado por conselheiros influentes e ex-dirigentes para que na perda de seu astro o clube não fique de mãos abanando.

O exemplo mais lembrado pelo grupo é o de Robinho, fundamental na conquista de dois títulos brasileiros e vendido ao Real Madrid, da Espanha, por US$ 30 milhões (cerca de 70 milhões na época).

Odílio Rodrigues levará as propostas que recebeu por Neymar na Espanha para discussão em reunião no Comitê Gestor. Após aprovação entre eles, os dirigentes terão que se acertar com Neymar da Silva Santos, pai e empresário do craque. Entretanto, a dívida irritou o pai do jogador, que fez duras críticas ao Santos até na Europa, na última estada da seleção brasileira em Londres, nos amistosos contra Itália e Rússia no final de março.

Em seu retorno ao Brasil, Neymar pai mudou o discurso em relação ao futuro do filho. Além de afirmar que jamais recusaria propostas de Barcelona e Real Madrid, ele ainda enfatizou a vantagem contratual que terá após a Copa do Mundo no Brasil de 2014, pois terá 100% dos direitos econômicos do filho.

"O Santos vai dar o primeiro passo, não o Neymar. Terei 100% dos direitos dele daqui a oito meses. Para que o desespero de sair agora?”, disse, na ocasião.

A dívida do Santos com Neymar está sendo amenizada com a divulgação do “Instituto Neymar Jr.” na camisa do clube. O Comitê Gestor já cedeu sem custos o espaço máster do uniforme em diversos jogos nesta temporada e atualmente disponibiliza as mangas da camisa para exposição da entidade que leva o nome do jogador.

Em contato com o UOL Esporte, o Santos e o estafe do jogador negam a dívida. Os representantes de Neymar, inclusive, lembram que o atleta receberá um pagamento do clube nesta quarta-feira.

Na tarde da quarta-feira, o site oficial do Santos emitiu comunicado negando as informações apresentadas na nota do UOL Esporte.

Apesar da nota do clube, o UOL Esporte mantém as informações colhidas durante a apuração da reportagem.

Confira o comunicado feito por Neymar:

Informamos que é mentirosa a matéria ‘Dívida de Santos com Neymar 'acelera' saída do craque e estremece relação’, publicada nesta quarta-feira (15) pelo portal UOL.

Não existe e nem nunca existiu qualquer dívida do Santos FC com Neymar. O Clube nunca atrasou o pagamento dos salários e luvas a que o atleta tem direito, o que se aplica a todos os jogadores e funcionários do Santos ao longo destes 41 meses de gestão completados hoje.

O pai do atleta nega de forma veemente ter realizado qualquer crítica à gestão do Santos FC, seja no Brasil, seja em suas viagens pela Europa ou para outros continentes. Eventuais discordâncias foram sempre sanadas na base do diálogo transparente com o Clube.

O Santos também nega que a divulgação do Instituto Neymar Jr. na camisa tenha qualquer relação com a informação apontada na matéria, que, reiteramos, é falsa.

Mais do que uma relação de respeito e gratidão, a relação entre Santos e Neymar é de admiração recíproca e está longe de ser estremecida.

Sugerimos à reportagem do UOL que escolha melhor as suas fontes e que dê o mesmo peso aos desmentidos do Clube, do atleta e de seu pai.

Comitê de Gestão do Santos FC

Neymar da Silva Santos

Neymar da Silva Santos Jr

*Nota atualizada às 10h30 do dia 16/05

MURICY VÊ NEYMAR DE "SACO CHEIO" E DEFENDE SAÍDA DO ATACANTE

  • Julia Chequer/Folhapress

    Além de Neymar pai, o torcedor do Santos ganhou mais um personagem contra a permanência do craque no Brasil. Isso porque o técnico Muricy Ramalho acredita que seu pupilo está de “saco cheio” com o futebol brasileiro e, por isso, resolveu não brigar mais contra a transferência do atacante para a Europa. Neymar tem contrato com o Santos até julho de 2014, com opção de renovação por mais um mês, caso o time da Vila Belmiro esteja disputando a Libertadores LEIA MAIS

Futebol