PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Crise financeira da família faz Macedo alertar filho sobre "menininhas"

Lucas Macedo, filho de ex-jogador do São Paulo, em foto no Facebook - Reprodução/Facebook
Lucas Macedo, filho de ex-jogador do São Paulo, em foto no Facebook Imagem: Reprodução/Facebook

José Ricardo Leite

Do UOL, em São Paulo

08/03/2013 06h00

Gastos extravagantes com carros e mulheres. Dinheiro mal aplicado. Preocupação zero em como conduzir a vida após a aposentadoria. Essa combinação fez com que o ex-atacante Macedo passasse por sérias dificuldades financeiras após encerrar a carreira de jogador profissional, há cerca de três anos.

Sem saber capitalizar o que ganhou nos tempos em que jogou no São Paulo, Santos, Cruzeiro, Vasco, Grêmio, Coritiba e Ponte Preta, entre outros, o atacante campeão da Libertadores e do Mundial de 1992 pelo time do Morumbi precisou até pedir dinheiro emprestado a amigos.

Macedo não pensou a longo prazo quando jogava e encerrou a carreira sem ter negócio próprio ou alguma outra fonte de renda. Sem ter um ganha pão fixo, jogou até na várzea e amistosos beneficentes em diferentes cidades em troca de “bichos” que variavam entre R$ 100 e R$ 500.

O ex-atacante calcula ter ganhado na carreira algo em torno de R$ 13 milhões, mas hoje não tem nenhum imóvel, apenas um carro. Também fez investimentos errados na reta final da carreira. Em seus primeiros anos como jogador, havia gastado muito com carro, mulheres e baladas. Depois, teve prejuízo na separação da ex-mulher.

Agora vive em Americana com uma nova mulher e busca se reerguer como empresário de atletas, entre os quais o seu sobrinho Diego, do Bragantino, e seu próprio filho, Lucas de Azevedo Macedo, que completará 16 anos no dia 30 de março e joga nas categorias de base do Palmeiras.

“Ah, só sei que perdi muita coisa, mas graças a Deus estou me reerguendo. Estou brigando nessa área para me levantar de novo. Confio no meu projeto. Procuro jogadores por aí. Já fui para Bahia, Tocantins olhar jogadores...tenho bom olhar para observar um potencial atleta”, disse Macedo ao UOL Esporte.

O caminho agora é ajudar os jogadores que empresaria não só a fazer bons contratos, mas também para que não caiam nas tentações da vida. Ele se recorda que o ex-técnico Telê Santana dava vários conselhos no começo de sua carreira, mas que não adiantou.

“Converso bastante com eles, falo direto sobre essas coisas. Agora me lembro do Telê, que falava pra investir em terra e imóveis. Eu começo a falar pra eles que a carreira é curta e tem que aproveitar o momento. Porque depois tudo passa e ninguém lembra. O Telê falava: ´toma cuidado com as meninas, elas não vão dar nada pra você, vai investir em terra e imóveis. Vocês acham que são bonitos? Elas só querem seu dinheiro”, recorda o ex-são-paulino.

O principal cuidado, é claro, é com seu filho. Lucas viu todas as dificuldades que o pai passa hoje com a falta de dinheiro. Agora avisa o jovem para tomar todos os cuidados com o que atrapalhou no seu começo de carreira, como mulheres, baladas e festas. Cita até Messi como exemplo de atleta a ser seguido por sua vida pouco exposta na mídia.

“Eu falo direto, ´filho eu fiz isso errado, mas não vai fazer a mesma coisa não´. Falo direto com ele. ´Não faça o que o pai fez não´. Marco em cima. Eu admito, não tive estrutura para a fama", disse.

LUCAS MACEDO É CAMISA 9 DO SUB-17 DO PALMEIRAS

  • Reprodução/acebook

“Falo que atleta tem que se cuidar, descansar e depende do seu corpo. Ele precisa da parte física. Se ele estiver na noitada, não tem como jogar. Olha o Messi aí, não tem noite com ele não, só se vê ele descansando. Nunca se ouviu falar do Messi na noite, até 4h da manhã. Nunca ninguém viu”, afirmou.

Assim, Macedo diz também que vai tomar todo o cuidado com o dinheiro que o filho ganhar na carreira para evitar desperdícios e má administração. "Meu filho está aí na caminhada e agora vou ajudar ele a administrar o que ganhar. Eu não estava preparado para aquele momento. Ele está vendo o que o pai dele está passando de dificuldades, ele vê a situação que eu passo, e não vai se arrepender de seguir os meus conselhos. Ele não é bobo não.”

Lucas Macedo diz seguir de maneira veemente os conselhos do pai e que tem aprendido com o que vê. “Eu escuto tudo. Tudo que ele fala de conselhos. Ele fala pra eu tomar cuidado com as meninas porque elas que elas não enxergam cara e só querem dinheiro e que é pra tomar cuidado”, falou. “Com a noite também. Ele sempre diz pra eu ficar focado e que o que ele fez de ruim é pra eu não fazer mais.”

Futebol