PUBLICIDADE
Topo

Futebol

"Perder o prêmio da Fifa não é o fim do mundo", diz Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo participa de coletiva antes do evento de premiação da Bola de Ouro - Christof Koepsel/Getty Images
Cristiano Ronaldo participa de coletiva antes do evento de premiação da Bola de Ouro Imagem: Christof Koepsel/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

07/01/2013 13h10

Na lista dos três jogadores indicados para concorrer ao prêmio de melhor jogador do Mundo da Fifa, Cristiano Ronaldo minimizou uma possível derrota na disputa. Vencedor em 2008, o português viu Lionel Messi levar o troféu nas últimas três edições.

“Eu tenho clara consciência de que não é o fim do mundo se outro jogador ganhar. Se Messi vencer está ok. Independentemente do que acontecer hoje continuarei o meu trabalho”, afirmou Ronaldo, em entrevista coletiva, em Zurique, na Suíça.

O anuncio do melhor jogador da temporada de 2012 será feito nesta segunda-feira, em cerimônia que começa às 16h. Favorito ao título, Lionel Messi não se vê a frente dos rivais.

“Não tenho certeza se esse foi o meu melhor ano. Não me interesso nisso, nos recordes pessoais. Penso mais nos recordes do time. Meu objetivo com o time é ir em frente. Tudo é mais fácil quando os resultados do Barcelona chegam”, disse o argentino.

Campeão europeu com a seleção espanhola, Iniesta também briga pelo prêmio. O meia do Barcelona se diz orgulhoso de estar entre os indicados.

“Estar aqui é um momento muito especial. Sinto que temos muito jogadores de nível muito alto. O que vivi nesta temporada foi único”, afirmou. 

 

Futebol