PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Messi entra para história e é o primeiro jogador a ganhar prêmio da Fifa quatro vezes

Tetracampeão: Lionel Messi voltou a quebrar outro recorde nesta segunda-feira - Christof Koepsel/Getty Images
Tetracampeão: Lionel Messi voltou a quebrar outro recorde nesta segunda-feira Imagem: Christof Koepsel/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

07/01/2013 16h57

NÚMEROS DE MESSI

  • 42 milhões

    Valor em reais recebido por ano, entre salários e bônus

     

  • 91

    Número de gols marcados em 2012

     

  • 2

    Mundiais de clubes

     

  • 5

    Campeonatos espanhóis

     

  • 3

    Ligas dos Campeões

     

    Lionel Messi voltou a quebrar outro recorde nesta segunda-feira. O argentino de 25 anos foi eleito o melhor jogador de 2012, em premiação organizada pela Fifa, em Zurique, na Suíça. Ele ultrapassou o francês Zinedine Zidane e o brasileiro Ronaldo, que ganharam três prêmios.

    Messi é, segundo a votação dos técnicos, dos capitães das seleções dos países filiados à Fifa e de jornalistas selecionados pela revista France Football, o melhor jogador do mundo desde 2009, quando ganhou troféu pela primeira vez.

    Messi levou 41,6% dos votos. Cristiano Ronaldo recebeu 23,68% e Andrés Iniesta ficou com 10,91%. Ao subir ao palco, Messi admitiu estar nervoso e classificou o feito como “incrível”.

    “É incrível vencer o quarto prêmio. Impressionante, quero compartilhar com meus colegas do Barcelona. Principalmente com Iniesta. É um orgulho jogar com você. Também com os jogadores da Argentina. Eu estou nervoso. Quero agradecer à minha família. E, por último, à minha mulher e meu filho”, discursou o argentino. 

    “Não tenho certeza se esse foi o meu melhor ano. Não me interesso nisso, nos recordes pessoais. Penso mais nos recordes do time. Meu objetivo com o time é ir em frente. Tudo é mais fácil quando os resultados do Barcelona chegam”, disse Messi.

    COM DOMÍNIO ESPANHOL, SELEÇÃO DA FIFA TEM DANIEL ALVES E MARCELO

    • A Fifa divulgou nesta segunda a seleção dos melhores de 2012. Os laterais brasileiros Marcelo e Daniel Alves figuraram na lista, que só contou com jogadores que atuam na Espanha. Além do predomínio espanhol, ficou clara a preferência dos votantes pelos atletas de Barcelona e Real Madrid. Apenas o atacante colombiano Falcao García, do Atlético de Madri, foi 'intruso'. Casillas, que virou reserva no Real e entrou em rota de colisão com o técnico José Mourinho, também foi escolhido na seleção. Confira: Casillas (Real Madrid), Daniel Alves (Barcelona), Piqué (Barcelona), Sergio Ramos (Real Madrid) e Marcelo (Real Madrid), Xabi Alonso (Real Madrid), Iniesta (Barcelona) e Xavi (Barcelona), Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Falcao (Atletico de Madri) e Messi (Barcelona).

    DEL BOSQUE LEVA PRÊMIO E TÉCNICA DOS EUA CANTA NO PALCO

    • A escolha dos melhores técnicos não teve surpresas. Campeão da Eurocopa e da última Copa do Mundo, Vicente Del Bosque, levou o prêmio da Fifa pela primeira vez. Já a sueca Pia Sundhage recebeu o troféu de melhor treinadora de futebol. Após subir no palco para receber o troféu das mãos de Luiz Felipe Scolari, ela quebrou o protocolo e cantou no palco. Sundhage comandou os Estados Unidos de 2008 a 2012. A partir de 2013, a técnica estará à frente da seleção sueca feminina.

     

    Futebol