PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Santos aceita pedido salarial de lateral chileno, mas negócio emperra após investidor recuar

Mena disputa bola com atacante Mouche, do Boca Juniors, durante jogo da Libertadores deste ano - Eliseo Fernandez/Reuters
Mena disputa bola com atacante Mouche, do Boca Juniors, durante jogo da Libertadores deste ano Imagem: Eliseo Fernandez/Reuters

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

21/12/2012 19h32

O Santos definiu as bases salariais com o lateral esquerdo Eugenio Mena, do Universidad de Chile. Apesar de aceitar o pedido do jogador, o clube corre o risco de não fechar a contratação, já que o investidor que ajudaria no negócio recuou.

Sem o investidor, o Santos não possui verba suficiente para bancar a transação. O clube chileno pede cerca de R$ 6,5 milhões. A cúpula santista entraria com aporte financeiro de R$ 3,3 milhões, já que os empresários pagariam o restante.

O Santos se propôs a pagar os salários do jogador. Mena assinaria contrato por três temporadas e receberia entre R$ 120 mil a R$ 150 mensais, já que o chileno receberia aumentos anuais por serviços prestados ao time da Vila Belmiro.

"O Santos fez uma proposta pelo Mena. A oferta está com eles. Se não quiserem, desistimos. Mas já foi encaminhado", afirmou o vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues.

Com dificuldades para contratar Eugenio Mena, o Santos deve anunciar na próxima semana a contratação do lateral esquerdo Guilherme Santos, que disputou o Campeonato Brasileiro pelo Figueirense, mas pertence ao Atlético-MG.

O técnico Muricy Ramalho prioriza a chegada de reforços para a temporada 2013. Muricy faz questão de que a diretoria contrate um jogador para revezar com Léo, que já tem 37 anos e costuma sofrer com lesões. Neste ano, além de problemas musculares, o veterano realizou duas astroscopia no joelho direito.

A cúpula santista quer repetir a estratégia de 2010 e 2011, quando Alex Sandro reveza com Léo no setor. Após a venda do jovem lateral para o Porto, de Portugal, o Santos contratou Juan por empréstimo, mas o atleta não conseguiu se firmar na posição e foi devolvido ao São Paulo.

Futebol