PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Executivo do BNDES substitui candidato impugnado em eleições do Flamengo

Apoiado por Zico, Wallim Vasconcellos (d) teve a candidatura à presidencia do Fla impugnada - Pedro Ivo Almeida/UOL
Apoiado por Zico, Wallim Vasconcellos (d) teve a candidatura à presidencia do Fla impugnada Imagem: Pedro Ivo Almeida/UOL

Juliano Lima

Do UOL, no Rio de Janeiro

09/11/2012 21h29

A chapa azul nas eleições do Flamengo será representada por Eduardo Bandeira de Mello, candidato à presidência, e pelo vice Walter D’Agostino. Os novos representantes entraram no lugar de Wallim Vasconcellos e Rodolfo Landim, que tiveram as candidaturas impugnadas na noite de quinta-feira por possuir menos cinco anos de vida associativa ininterrupta no clube, segundo o Conselho Administrativo.

Eduardo Bandeira é de famíia tradicional no Flamengo e foi chefe do departamento de meio ambiente do BNDES. O candidato participa pela primeira vez das eleições no clube e faz parte da chapa que conta com apoio do maior ídolo rubro-negro Zico, além dos ex-presidentes Marcio Braga, Kleber Leite, Delair Dumbrosck e Helio Paulo Ferraz.  

O veto a Wallim Vasconcellos foi ratificado em votação realizada na noite desta quinta-feira por membros do conselho rubro-negro. Por 54 votos a 31, o então preferido de Zico foi impedido de participar do pleito. Rodolfo Landim, seu vice, também foi impudnado do pelito, mas em votação separada, sendo derrotado por 52 votos a 33.

Wallim Vasconcellos é sócio do Flamengo desde a década de 70, mas ficou sem pagar o clube por muitos anos e só retornou ao quadro em função de um programa de anistia em 2011. O Conselho de Administração julgou que não poderia considerar que o empresário tem mais de cinco anos de vida associativa e o tirou do pleito.

A eleição do Flamengo está marcada para o dia 3 de dezembro e vai contar com 6.000 sócios. Além de Eduardo Bandeira de Mello, mais cinco candidatos foram definidos: a atual presidente Patrícia Amorim, Maurício Rodrigues, Jorge Rodrigues, Lysias Itapicurú e Ronaldo Gomlevsky. Os integrantes da chapa azul vão conceder uma entrevista coletiva, na próxima segunda, pela manhã, em um hotel no Leblon, zona sul do Rio de Janeiro. 

Futebol