Topo

Futebol


Jô fecha com Atlético-MG e Inter consegue 'se livrar' em menos de uma semana

Centroavante sai do Inter após atos de indisciplina e chega ao Atlético-MG em definitivo - Guilherme Testa/Agência Freelancer
Centroavante sai do Inter após atos de indisciplina e chega ao Atlético-MG em definitivo Imagem: Guilherme Testa/Agência Freelancer

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

20/05/2012 18h12

O atacante Jô está de malas prontas para deixar Porto Alegre. Neste domingo, ele se acertou com o Atlético-MG. O negócio receberá a anuência do Inter, que repassará os seus 50% nos direitos do atleta ao time de Belo Horizonte. A transferência contempla o plano dos gaúchos – de despachar Jô do elenco, em menos de uma semana após seu problema extra-campo.

Desde que foi afastado novamente, por ter desaparecido da concentração no Rio de Janeiro após o jogo com o Fluminense, Jô foi autorizado a procurar um novo clube. E na busca, quatro foram os alvos principais: Atlético-MG, Botafogo, Palmeiras e Corinthians.

Do quarteto, apenas o Timão disse não de pronto. O comportamento extra-campo pesou na negociação com o time dirigido por Felipão e aí o caminho ficou livre para um acerto com os mineiros, que já haviam sondado Jô antes de sua volta ao Brasil – no meio do ano passado.

Jô chegou ao Beira-Rio com influência do BMG e é pelo fundo de investimentos que vai desembarcar em Minas Gerais. Aos cofres do Inter devem entrar cerca de 2,5 milhões de euros pela transferência.

Autor de seis gols em 36 partidas pelo Inter, Jô jamais foi titular absoluto. Mas viveu seu melhor momento exatamente neste ano. A boa fase, no entanto, teve um revés motivado pelo mesmo. Às vésperas do embarque para La Paz, o atacante deixou o treino mais cedo e ficou incomunicável. Fora da delegação que foi para Bolívia, ele organizou uma festa para comemorar seu aniversário.

Mais Futebol