UOL Esporte Futebol
 
Bruno Domingos/Mowa Press/Reuters

Daniel Alves comemora o gol marcado contra a Ucrânia; Pato, no 2º tempo, completou

11/10/2010 - 17h22

Brasil domina a Ucrânia no 4-4-2, e Mano repete início vitorioso de Parreira

Alexandre Sinato
Em Derby (Inglaterra)

A seleção brasileira passou no teste do 4-4-2. Pela primeira vez sem apostar no esquema com três atacantes, Mano Menezes viu a equipe manter os 100% de aproveitamento nos três jogos sob seu comando ao vencer a Ucrânia por 2 a 0, em Derby, no estádio Pride Park. Daniel Alves e Alexandre Pato fizeram os gols.

Carlos Alberto Parreira havia sido o último treinador a começar um trabalho com três vitórias, entre 1991 e 1992. Mano agora repete o feito. Quem também consolida seu bom início é a defesa brasileira, ainda não vazada nenhuma vez com o atual treinador. 

O ataque, por sua vez, já fez sete gols. Alexandre Pato é o artilheiro da “era Mano”: com o gol desta segunda-feira, tem três na lista. Daniel Alves, que abriu o placar, aparece logo em seguida, com dois gols. 

Elias foi a grande novidade da equipe e possibilitou o que o treinador tanto pediu: controle de jogo. Exceção feita a três sustos, o Brasil dominou seu primeiro adversário europeu com a atual geração para somar sua terceira vitória em três amistosos (EUA e Irã foram as outras vítimas). 

PRINCIPAIS LANCES

PRIMEIRO TEMPO
9 min – Daniel Alves avança pela direita, recebe de Robinho e tenta o toque por cobertura ao ver o goleiro Dykan adiantado. A bola sai rente ao travessão.
23 min – Thiago Silva cabeceia na direção de David Luiz depois de escanteio, mas o zagueiro finaliza para fora.
19 min – GOOOOOOLLLL DO BRASIL! Após bola roubada por Elias, Robinho cruza da esquerda para Daniel Alves, de primeira, fazer um golaço em um disparo cruzado. Ouça na rádio Jovem Pan
19 min – Pato aproveita saída errada da Ucrânia, encara a marcação e chuta na trave. No rebote, Carlos Eduardo perde ótima chance.
SEGUNDO TEMPO
5 min – Rotan arrisca da entrada da área, a bola desvia e vai na trave direita de Victor.
18 min – GOOOOLLL DO BRASIL!!! C. Eduardo recebe na direita e cruza para Pato. O camisa 9 domina, faz o giro e finaliza de esquerda: 2 a 0. Ouça na rádio Jovem Pan
25 min – Oliynyk cobra falta e manda a bola perto da trave de Victor, que não alcança.
33 min – Daniel Alves cobra falta e mais uma vez manda muito perto do travessão.

O primeiro tempo todo foi do Brasil. Victor mal trabalhou. A equipe de Mano viu a bola chegar com mais perigo apenas duas vezes. Uma em cruzamento que ninguém completou, outra no gol anulado de Aliyev (o árbitro marcou falta discutível durante a jogada). 

Com maior posse de bola, a seleção pentacampeã trocou passes com relativa tranquilidade e conseguiu algumas penetrações em velocidade. Na melhor delas, Elias fez o desarme no meio, Robinho cruzou de esquerda e Daniel Alves, de primeira, fez um golaço em chute cruzado.

“Quem não arrisca não petisca. Tive um pouquinho de sorte, a bola pegou no zagueiro, mas a intenção era aquela”, comemorou Daniel Alves. Alexandre Pato também teve ótima chance após passe errado dos ucranianos, mas ao se livrar da marcação o atacante finalizou na trave. Carlos Eduardo ainda desperdiçou o rebote, caracterizando mais uma atuação apagada com a camisa 10 da seleção.

Na etapa final, a Ucrânia saiu mais para o jogo. E logo no começo quase empatou: Rotan mandou na trave. Mano decidiu fazer mais testes. Colocou Adriano na volta do intervalo, e Sandro e Giuliano pouco depois. Nilmar, André e Wesley também receberam chances.

Superior, o Brasil ainda conseguiu fazer mais um gol para fechar o placar: Pato recebeu de Carlos Eduardo, dominou de direita e bateu de esquerda para fazer 2 a 0, para alegria dos 13 mil torcedores que foram ao estádio inglês.

Ficha da Partida

Brasil Brasil Técnico: Mano Menezes
1. Victor
2. Daniel Alves
3. Thiago Silva
4. David Luiz
6. André Santos
21. Adriano
8. Ramires
15. Sandro
5. Lucas
11. Elias
15. Wesley
10. Carlos Eduardo
17. Giuliano
9. Alexandre Pato
19. Nilmar
7. Robinho
20. André
2 0
Ucrânia Ucrânia Técnico: Yuriy Kalitvintsev
1. Dykan
17. Kucher
18. Mandziuk
3. Fedetskiy
2. Romanchuk
4. Tymoshchuk
19. Rotan
20. Poloviy
14. Gai
5. Gusiev
15. Khudobyak
8. Aliiev
25. Milevski
11. Seleznov

Data: 11/10/2010 - 15h30

Local: Pride Park

Árbitro: Martin Atkinson

Auxiliares: Simon Beck e Steve Child

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host