UOL Esporte Futebol
 
28/05/2010 - 21h37

Atrás de reforços, Flamengo tem reunião com agente de Kleber na Gávea

Cauê Rademaker
No Rio de Janeiro

O vice de futebol Hélio Ferraz prometeu que na próxima semana o Flamengo teria novidades em relação a reforços para a disputa do Campeonato Brasileiro. Com carência no ataque, a diretoria trabalha com dois nomes: Kleber e Emerson.

A presidente Patrícia Amorim esteve reunida, separadamente, com o empresário dos atletas, Giuseppe Dioguardi e Reinaldo Pita, respectivamente, na tarde desta sexta-feira, na Gávea, em dia de longas reuniões.

O desejo de contar com Kleber, que está no Cruzeiro, é antigo. O atacante já foi tentado em dezembro do ano passado, mas não houve acordo com o clube mineiro. Agora, o Flamengo voltou a conversar com o agente do atleta, mas a diretoria cruzeirense afirmou que não recebeu nenhum contato sobre o interesse dos cariocas.

O FLAMENGO NO TWITTER

O empresário Giuseppe Dioguardi seguiu o mesmo discurso em entrevista ao UOL Esporte. “Foi uma reunião apenas para estreitar o relacionamento. Não falamos no nome do Kleber. Se alguém disser isso, estará mentindo”, esquivou-se o agente, que também tem conversado com os dirigentes do Palmeiras.

O clube paulista, por sinal, ofereceu R$6,5 milhões por 50% dos direitos do jogador, valor pedido pelo Cruzeiro em investida do Palmeiras no início do ano. A diretoria alviverde, agora, aguarda a resposta mineira.

No papo com os rubro-negros, também foi mencionado com Giuseppe Dioguardi os nomes de Belletti, Valdívia e Correa. Em relação aos dois primeiros as conversas não evoluíram, enquanto o último, que está de saída do Atlético-MG, deverá ser tentado pelos dirigentes flamenguistas nos próximos dias.

Já em relação a Emerson, o interesse é antigo. O jogador atuou no clube em 2009 e se transferiu para os Emirados Árabes, onde defende o Al Ain. Com muitos amigos na Gávea, o centroavante já manifestou publicamente a vontade de voltar ao time rubro-negro, embora também tenha recebido sondagens de São Paulo e Internacional. Para retornar, precisa convencer os dirigentes a liberá-lo sem pagamento de multa.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host