UOL Esporte Futebol
 
27/12/2009 - 19h16

Maracanã vive domingo de final e vê empate do Fla com os Amigos do Zico

Pedro Ponzoni e Raphael Raposo
No Rio de Janeiro

Um Jogo das Estrelas para ficar na história. Com um público de quase 73 mil torcedores e que selou a paz entre Zico e Romário, Flamengo e Amigos do Zico ficaram no empate em 5 a 5. Zico (3) e Romário (2) marcaram para os rubro-negros, enquanto Alcindo, Djalminha, Falcão, Felipe Adão e Bruno Santos anotaram para o time “visitante”.

Zico, Falcão e Romário foram escolhidos os melhores da partida e ganharam um carro como presente. O automóvel, entretanto, será doado a uma instituição de caridade.

Mais do que isso, o Jogo das Estrelas, que gerou uma renda de R$ 253.296,00, será dividida em três partes. Uma para ajudar a família do ex-goleiro Zé Carlos, campeão brasileiro em 1987, que faleceu de câncer neste ano, outra para Washington, ídolo do Fluminense nos anos 80, que sofre com uma doença degenerativa (Esclerose Lateral Amiotrófica), e a última vai para instituições de caridade.

“A gente fica muito feliz com tudo. Estão todos de parabéns. A festa foi muito bonita mais uma vez e poder ajudar mais uma vez outras, como a família do Washington e do Zé Carlos”, salientou Zico, falando também sobre o fim da sua briga com Romário.

“A gente vai embora da vida e ficam algumas pendências. Mas o principal é o coração e ele está livre. Muitas vezes nos deixamos levar por coisas que não falamos. É bonito vê-lo aqui no Maracanã nessa grande festa”, emendou o Galinho de Quintino.

Antes da bola rolar, muita festa para o hexacampeonato do Flamengo, conquistado no último dia 6. Zico, como havia prometido, entregou a taça para o time. O zagueiro Ronaldo Angelim, autor do gol do título na partida contra o Grêmio, foi o primeiro a levantar o troféu e fazer a festa com os torcedores rubro-negros.

Por pouco o Jogo das Estrelas não começou sem Adriano. O Imperador chegou ao Maracanã minutos antes da partida e conseguiu formar o trio juntamente com Zico e Romário. Desta maneira, sobrou para Bebeto, que acabou “barrado”.

“É um absurdo isso. Fui sacado do time antes da partida começar. Não pude mostrar o meu futebol nem no primeiro tempo”, brincou o treinador do América para o Campeonato Estadual do Rio de Janeiro.

No primeiro tempo os Amigos de Zico abriram o placar com Alcindo. Zico, o dono da festa, anotou dois para o Flamengo. Porém, Djalminha deixou tudo igual novamente e deu números finais na etapa inicial.

No segundo tempo, a festa continuou. Romário marcou para o Flamengo, Falcão e Felipe Adão viraram para os Amigos do Zico. Romário, mais uma vez, deixou tudo igual e Zico, que deixou o campo aos 37 minutos, anotou o quinto do Rubro-Negro. Porém, no fim, Bruno Santos empatou e selou o resultado.

FLAMENGO 5 x 5 AMIGOS DO ZICO

Flamengo
Gilmar Rinaldi (Marcelo Leite); Jorginho (Tita), Fábio Luciano (David), Ronaldo Angelim (Wilson Gottardo) e Zinho (Nunes); Andrade (Juan), Adílio (Ibson), Júnior (Charles Guerreiro) e Zico (Jorginho); Adriano (Renato Gaúcho) e Romário.

Amigos do Zico
Carlos Germano (Elinton); Delacir (Bruno Quadros), Fernando (Fernando II), Gonçalves (Beto) e Rubens Júnior; Edu Coimbra (Edmundo), Luizinho Quintanilha (Vagner Love), Djalminha (Cláudio Adão, depois Felipe Adão) e Falcão (Bruno Santos); Alcindo (Rodrigo Júnior) e Amoroso (Thiago Coimbra).

Data: 27/12/2009 (domingo)
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Wagner Tardelli
Auxiliares: Maira Labes e Nadine Barros
Público: 55.821 (pagantes) e 72.743 (presentes)
Renda: R$ 253.296,00
Gols: Alcindo, aos 6 minutos; Zico (pênalti), aos 21 minutos; Zico, aos 33 minutos; e Djalminha, aos 36 minutos do primeiro tempo. Romário, aos 8 minutos; Falcão, aos 9 minutos; Felipe Adão, aos 25 minutos; Romário (pênalti), aos 31 minutos; Zico, aos 35 minutos; e Bruno Santos, aos 42 minutos do segundo tempo.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host