PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Nó tático e noite com a mãe: o que foi dito após São Paulo 3 x 1 Santos

Do UOL, em São Paulo

16/02/2017 04h00

A vitória do São Paulo sobre o Santos por 3 a 1, em plena Vila Belmiro, deu o que falar. Incomodado com os questionamentos, Dorival Júnior negou ter levado um “nó tático” de Rogério Ceni. Do outro lado, o jovem Luiz Araújo admitiu que terá problemas para dormir após marcar dois gols para o time do Morumbi.

As entrevistas depois da partida ainda contaram com um sincero Zeca, admitindo ter feito pênalti no primeiro gol do São Paulo.

Confira as principais declarações do clássico:

  • Rubens Cavallari/Folhapress

    Dorival Júnior, técnico do Santos

    "Não foi nó tático. Isso não existe. Nó tático é a maior mentira. Isso aí é que nem quando o médico fala que é uma virose, e não sabe explicar o que é". Leia mais

  • Rubens Cavallari/Folhapress

    Luiz Araújo, autor de dois gols para o São Paulo

    "Vai ser meio difícil dormir, vou querer ficar com minha mãe e aproveitar essa noite muito especial para mim". Leia mais

  • Rubens Cavallari/Folhapress

    Rogério Ceni, técnico do São Paulo

    "Eles não têm medo, gosto de ver que meu time não se abala com gols sofridos". Leia mais

  • Ricardo Saibun/Santos FC

    Zeca, lateral do Santos

    "Fiz o pênalti, fiz a alavanca". Leia mais

  • Ricardo Nogueira/Folhapress

    Rodrigo Caio, zagueiro do São Paulo

    "A gente conseguiu fazer o jogo perfeito, sofremos o primeiro gol, mas conseguimos ter calma". Leia mais

São Paulo