Topo

Esporte


Brasileiros pelo mundo: Neymar silencia críticas, e David Luiz erra de novo

REUTERS/Gonzalo Fuentes
Imagem: REUTERS/Gonzalo Fuentes

Do UOL, em São Paulo

16/09/2019 04h00

Na rodada do fim de semana do futebol internacional, a principal notícia para os brasileiros foi o retorno de Neymar ao Paris Saint-Germain. Sua volta aos gramados franceses foi complicada, com a torcida do PSG xingando o jogador e exibindo uma faixa para hostilizá-lo. Mas o atacante respondeu às vaias com um golaço de meia bicicleta nos acréscimos, garantindo a vitória por 1 a 0 sobre o Strasbourg.

O fim de semana também teve a brasileira Ludmila fazendo bonito com a camisa do Atlético de Madri na segunda rodada do Campeonato Espanhol feminino. Por outro lado, quem deixou a desejar foi David Luiz. Mais uma vez, o zagueiro cometeu um pênalti e atrapalhou os planos do Arsenal. A equipe apenas empatou com o Watford, típico resultado que afasta um clube grande da disputa por títulos.

Em alta

  • Martin BUREAU / AFP

    Neymar (PSG)

    Neymar sofreu com vaias e xingamentos antes mesmo de a bola rolar para PSG x Strasbourg. Em seu primeiro jogo pelo clube parisiense desde que não conseguiu se transferir para o Barcelona, o brasileiro era cobrado a cada toque de bola e foi alvo de diversas faixas ofensivas exibidas pela torcida francesa. Em silêncio, ele deu a volta por cima nos acréscimos da partida, ao fazer um golaço que classificou como "meia bicicleta". Leia mais

  • Reuters/Jason Cairnduff

    Roberto Firmino (Liverpool)

    Roberto Firmino começou o jogo contra o Newcastle no banco do Liverpool. Mas a lesão de Origi permitiu que o brasileiro tivesse 53 minutos em campo. Foi suficiente para ele brilhar. Dois minutos depois que entrou, Firmino deu ótimo passe em profundidade para Mané. O senegalês ganhou a dividida com o goleiro do Newcastle e apenas teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes. No segundo tempo, o camisa 9 recebeu de Salah e deu toque magistral de letra para o gol do egípcio. Leia mais

  • Reprodução Twitter

    Ludmila (Atlético de Madri)

    Jogadora da seleção brasileira, Ludmila é titular do Atlético de Madri, atual tricampeão do Campeonato Espanhol feminino. Neste fim de semana, a atacante justificou o investimento ao fazer o segundo gol da equipe na vitória sobre o Sevilla por 3 a 0. Desta maneira, a brasileira contribuiu com a segunda vitória em duas partidas do time, que está na liderança e busca manter a hegemonia no país.

  • David S. Bustamante/Soccrates/Getty Images

    Casemiro (Real Madrid)

    Casemiro foi fundamental para a vitória por 3 a 2 do Real Madrid sobre o Levante. A importância do brasileiro ficou mais clara em sua ausência do que no seu gol, o terceiro merengue no duelo. A equipe sentiu defensivamente sua saída para a entrada de Hazard e acabou sofrendo dois gols do Levante. O empate só não veio porque Courtois fez grande defesa nos minutos finais.

  • Divulgação/Kashima Antlers

    Serginho e Bueno (Kashima Antlers)

    A dupla ajudou a embolar o Campeonato Japonês a oito rodadas do fim. O zagueiro Bueno e o ex-santista Serginho marcaram os dois gols da vitória por 2 a 0 do Kashima Antlers sobre o líder FC Tokyo. O resultado deixou o time dos brasileiros apenas um ponto atrás do adversário.

Em baixa

  • Reuters/John Sibley

    David Luiz (Arsenal)

    O Arsenal deu a impressão de que venceria facilmente o Watford. Com 32 minutos de jogos, a equipe de Unai Emery já vencia por 2 a 0, com dois gols de Aubameyang. Mas uma sucessão de trapalhadas dos zagueiros Sokratis e David Luiz resultou no empate. O grego entregou a bola no pé de Cleverley, que não desperdiçou. No fim do jogo, o brasileiro cometeu pênalti em Pereyra, que cobrou para empatar o jogo. Leia mais

  • Pedro Fiuza/Xinhua

    Ygor Nogueira (Gil Vicente)

    O Gil Vicente conseguia segurar o Benfica até os acréscimos do primeiro tempo. Foi nesse momento que Ygor Nogueira tentou cortar um cruzamento e acabou marcando contra. O erro do ex-jogador do Fluminense facilitou a vida do time adversário, que venceu por 2 a 0, apesar de Pizzi ter batido um pênalti que foi defendido por Dênis, ex-São Paulo.

  • Alexander Hassenstein/Bongarts/Getty Images

    Philippe Coutinho (Bayern de Munique)

    O meia está com dificuldades para conseguir espaço no futebol alemão. Neste sábado, ele entrou em campo somente aos 43 minutos do segundo tempo. O jogo estava complicado porque Bayern cedeu o empate ao Leipzig nos acréscimos do primeiro tempo. Mas Philippe Coutinho não foi tratado como possível solução e só foi a campo quase no fim do duelo, que terminou 1 a 1.

  • Gabriele Maltinti/Getty Images

    Douglas Costa (Juventus)

    O brasileiro Douglas Costa pouco conseguiu ajudar a Juventus na partida contra a Fiorentina. Logo aos cinco minutos de jogo, ele sentiu um problema no músculo da coxa direita e precisou ser substituído por Bernardeschi. Em entrevista após a partida, o técnico Maurizio Sarri disse que a contusão de Douglas "parece mais séria que a de Pjanic" - o bósnio também deixou o jogo machucado. Leia mais

Mais Esporte