PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Brasileiros pelo mundo: atacantes de Tite brilham e ex-São Paulo vai mal

Do UOL, em São Paulo

28/08/2017 04h00

O fim de semana foi bastante produtivo para quatro atacantes convocados por Tite para os próximos dois jogos da seleção brasileira. Gabriel Jesus, Roberto Firmino, Taison e Neymar participaram ativamente da vitória de seus times na Europa – Manchester City, Liverpool, Shakhtar Donetsk e PSG. Gabriel e Firmino fizeram gols, enquanto Neymar e Taison deram assistências.

Os quatro se apresentam a Tite nesta semana. O Brasil enfrenta o Equador em Porto Alegre na quinta-feira e na semana seguinte pega a Colômbia fora de casa, pelas eliminatórias à Copa do Mundo.

Confira como foram os brasileiros pelo mundo:

Foram bem

  • Gabriel Jesus (Manchester City)

    O gol de Gabriel empatou a partida entre City e Bournemouth e foi um exemplo de suas maiores qualidades: velocidade e finalização precisa. Gabriel recebeu uma bola em profundidade, se livrou da marcação e deu um toque sutil para deslocar o goleiro. O City chegaria à vitória de virada nos acréscimos, com gol de Sterling. Leia mais

  • Roberto Firmino (Liverpool)

    Em uma atuação coletiva impecável do Liverpool, Roberto Firmino sobressaiu com seu brilho individual. Na goleada por 4 a 0 sobre o Arsenal, ele fez o primeiro gol de cabeça, deu passe para o segundo e participou da jogada do quarto. Saiu de campo ovacionado pela torcida. Leia mais

  • Neymar (PSG)

    O brasileiro foi caçado em campo, mas participou das jogadas que resultaram nos três gols do PSG sobre o Saint-Étienne no Parque dos Príncipes. Foi dele o passe que se transformou em pênalti sofrido e convertido por Cavani. Ele também lançou uma bola na área que gerou o segundo gol, de Thiago Motta, e deu a assistência para o terceiro, também de Cavani. Leia mais

  • Francisco Leong/AFP

    Taison, Marlos e Dentinho (Shakhtar Donetsk)

    O Shakhtar talvez seja o time mais brasileiro entre os europeus. Foram seis os brasileiros que participaram da vitória de virada sobre o Veres no domingo. Taison, convocado por Tite, saiu do banco para tabelar com Marlos, que empatou o jogo. Dentinho garantiu a virada no final. Além dos três, jogaram Fred, Ismaily e Marlon.

  • Paulo Henrique Ganso (Sevilla)

    O Sevilla jogou mal e Ganso foi apagado na maior parte do tempo. Mas a três minutos do fim do jogo contra o Getafe, o meia recebeu um cruzamento na área e completou com um toque de classe com a parte de fora do pé, em um belo gol que garantiu a vitória por 1 a 0 fora de casa. Leia mais

Foram mal

  • Juan Jesus (Roma)

    Improvisado na lateral direita, o zagueiro que surgiu no Internacional foi mal. Dois dos gols da Inter de Milão na vitória de virada sobre a Roma por 3 a 1 foram em cima dele: o croata Perisic infernizou Juan pela ponta e cruzou em jogadas bem parecidas, que terminaram em bola na rede. Leia mais

  • Neto (Valencia)

    O ex-goleiro do Atlético-PR assumiu a titularidade do Valencia nesta temporada após alguns anos na reserva de Buffon na Juventus. Fez até algumas defesas difíceis no empate por 2 a 2 com o Real Madrid, mas acabou vacilando no gol de Asensio de falta que decretou a igualdade no placar. Leia mais

  • Eric Gaillard/Reuters

    Doria (Olympique de Marselha)

    O zagueiro revelado pelo Botafogo e com passagem pelo São Paulo não teve uma noite nada feliz contra o Monaco. Seu time tomou de 6 a 1 no Campeonato Francês e ele foi substituído ainda no intervalo, quando o placar apontava 4 a 0, por opção do treinador, para a entrada de um atacante. Leia mais

Esporte