PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Inter observa situação de Miguel, mas não avança por relação com Fluminense

Miguel já foi visto como esperança de Xerém. Hoje tenta seguir carreira longe do Flu - Mailson Santana/Fluminense FC
Miguel já foi visto como esperança de Xerém. Hoje tenta seguir carreira longe do Flu Imagem: Mailson Santana/Fluminense FC

Caio Blois e Marinho Saldanha

Do UOL, no Rio de Janeiro e em Porto Alegre

17/08/2021 04h00

O Internacional está de olho na situação do meia Miguel, de 18 anos, que vive litígio com Fluminense. O jogador conseguiu liberação de seu vínculo na Justiça, mas a situação ainda não é definitiva e pode ser revertida em instâncias superiores. O Colorado entende que o jogador possui qualidades, mas a boa relação com o Fluminense breca uma investida direta. Segundo apurou a coluna, qualquer movimento para concretizar a contratação dele partirá da certeza jurídica sobre a situação e também de uma conversa com o Flu, algo que ainda não ocorreu.

Após polêmica, saída de Galhardo ganha força e Inter está aberto a negociar

Não é novidade que o Internacional está aberto a negociar Thiago Galhardo. Depois de uma última temporada de boas atuações e muitos gols, o jogador por pouco não deixou o clube vendido, e desde então sempre esteve na lista dos que podem deixar o Beira-Rio. Agora, com a polêmica saída dele da lista de relacionados do jogo contra o Fluminense, o Colorado percebe uma nova oportunidade de colocar o atleta no mercado. Galhardo já conversou com a direção do clube sobre o tema, pouco antes de ser liberado para resolver assuntos pessoais no Rio de Janeiro. Seu retorno está previsto para quarta-feira. Com vínculo até o fim de 2022, o jogador poderá novamente ser utilizado por Diego Aguirre, mas cada vez mais toma força nos bastidores a chance de negociação. (Por Marinho Saldanha)

Grêmio quer "alinhar" pagamento por Campaz com quitação do Sassuolo

O Grêmio discute os últimos detalhes do acordo com o Deportes Tolima, da Colômbia, para anunciar Jaminton Campaz como reforço. As conversas atuais acertam o prazo para quitação de cerca de 4 milhões de dólares (R$ 21,1 milhões na cotação atual). A ideia gremista é alinhar as parcelas com o recebimento da transferência de Ruan e Matheus Henrique ao Sassuolo. Assim, o clube gaúcho mantém fluxo de caixa. A diretoria do time colombiano também aguarda garantias bancárias para liberar o meia-atacante. (Por Jeremias Wernek)

Sócio vai à Justiça para votar nas eleições do Palmeiras

A eleição para presidente do Palmeiras está marcada para o mês de novembro e promete ser histórica para o Verdão, que deverá eleger Leila Pereira como mandatária alviverde. E como todo evento histórico, o maior número de pessoas quer participar. O advogado Fabiano de Medeiros Vilar foi à Justiça tentar ser um dos eleitores no pleito. Sócio da categoria "interior" desde 2018, ele quer poder votar, mas o estatuto do Palmeiras não prevê que integrantes desta categoria de associados do clube possa fazê-lo. Em resposta aos questionamentos de Vilar, o departamento jurídico do Palmeiras disse que associados do interior "não têm direito a votar ou ser votados nas Assembleias da SEP". Para Vilar, o Palmeiras faz uma interpretação genérica do Estatuto Social do clube. Por isso ele pede que a Justiça conceda uma liminar que o permita votar, já que se considera apto e está adimplente com as mensalidades. Além de Leila, Paulo Jussio, Luiz Pastore e Savério Orlandi são apontados como possíveis candidatos no clube. (Por Thiago Braga)