PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


UOL de Primeira

Corinthians: Insistência com centroavantes contribuiu para queda de Mancini

Atacante Jô e técnico Vagner Mancini em dia de treinamento no CT Joaquim Grava - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Atacante Jô e técnico Vagner Mancini em dia de treinamento no CT Joaquim Grava Imagem: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Exclusivo para assinantes UOL

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

18/05/2021 04h00

A pressão externa foi considerada, mas, para a diretoria do Corinthians, a decisão de demitir Vagner Mancini já vinha sendo discutida antes mesmo das eliminações na Copa Sul-Americana e também no Paulista. O técnico até poderia permanecer no cargo caso houvesse algum sinal de evolução da equipe. O entendimento nos bastidores, porém, foi de que o treinador se perdeu em suas convicções e foi intransigente em aspectos táticos.

Uma das reclamações internas era sobre a insistência de Mancini em jogar com um centroavante, mesmo com Jô em péssima fase e o jovem Cauê rendendo pouco em seus primeiros minutos como profissional. Na maioria das partidas desta temporada, o treinador montou a equipe desta forma e, mesmo pressionado, não buscava alternativas. No segundo tempo do Dérbi, já com a eliminação praticamente sacramentada, o treinador, então, optou enfim por tirar um camisa 9 (Cauê) e colocar um meia-atacante (Mateus Vital) como tentativa de mudança na partida. Foi o sinal passado à direção de que o comandante havia se perdido e que, consequentemente, era o momento oportuno para realizar a mudança.

UOL de Primeira