PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Douglas Costa tem ofertas da Europa, mas mantém preferência ao Grêmio

Douglas Costa tem tido poucas oportunidades na segunda passagem pelo Bayern - Reprodução
Douglas Costa tem tido poucas oportunidades na segunda passagem pelo Bayern Imagem: Reprodução

Do UOL, em Porto Alegre

23/04/2021 04h00

O futuro de Douglas Costa segue indefinido, mas muito por decisão do meia-atacante. De saída do Bayern de Munique e negociando a rescisão contratual com a Juventus, o jogador já recebeu duas ofertas para continuar no futebol europeu. A preferência do brasileiro, no entanto, segue sendo voltar ao Grêmio ainda neste ano. O problema é que o clube gaúcho esfriou a chance de retorno nas últimas semanas.

A saída de Renato Portaluppi é um dos motivos. O treinador, que deixou o cargo após eliminação na fase preliminar da Copa Libertadores, era um dos entusiastas do negócio. Outra razão para o Grêmio olhar com ceticismo para o acordo é o histórico recente de lesões de Douglas Costa. Em março, a conversa entre as partes rendeu um esboço de formato para a volta: dois anos de vínculo com salário base turbinado por metas atingidas. Tudo mediante chegada sem custos, ou seja, após a rescisão na Itália. Aos 30 anos, o jogador quer voltar a Porto Alegre por motivos particulares. Formado na base gremista, ele deixou o Brasil em 2009. (Por Jeremias Wernek)

Grêmio tentou empréstimo de Thiago Santos com o Dallas antes de compra

O Grêmio tentou um acordo por empréstimo com o Dallas, dos Estados Unidos, antes de acertar a compra de Thiago Santos no mercado da bola. O clube buscou o negócio com os norte-americanos em um contato direto entre as diretorias. O negócio, contudo, não avançou à época. Diante da situação, a diretoria acionou o agente Jorge Machado como intermediário. Ele conduziu as conversas para a aquisição dos direitos econômicos do jogador com o Dallas e com os representantes do volante. O empresário foi o responsável por negociar em nome do Tricolor gaúcho nas conversas e chegou a um acordo rapidamente. O Grêmio pagará US$ 1 milhão (R$ 5,4 milhões na cotação atual) pela compra de Thiago Santos. (Jeremias Wernek e Thiago Fernandes)

Santos não renovará contrato do meia Rafael Longuine

O Santos optou por não renovar o contrato do meio-campo Rafael Longuine, que se encerra no final de maio deste ano. A extensão, porém, irá ocorrer por mais três ou quatro meses, visando a recuperação clínica do jogador, que teve séria lesão no ligamento cruzado do joelho direito. Longuine se machucou em março do ano passado, quando atuava por empréstimo no CRB, de Alagoas. Após o fim do tratamento, no entanto, o atleta será liberado pela direção. (Por Gabriela Brino)

Por André, Fluminense supera rusgas com Botafogo em 'caso Babi'

Atrás de reforços, o Botafogo procurou o Fluminense e demonstrou interesse em contar com o volante André, em vínculo por empréstimo. Para o avanço das conversas, a diretoria tricolor "passou por cima" de rusgas recentes com o Alvinegro, como a que aconteceu nas tratativas por Matheus Babi. O atacante esteve muito perto das Laranjeiras, mas, depois de um recuo da cúpula do Glorioso, acabou indo para o Athletico-PR. A forma como a diretoria do Botafogo, sob comando de Durcesio Mello, conduziu tal negociação repercutiu mal no Flu e deixou cicatrizes em uma relação que era boa até ano passado, com o até então presidente alvinegro Nelson Mufarrej. Apesar disso, o Tricolor vê o negócio por André como positivo para todos. Um ponto que pesa a favor do negócio é o fato de as equipes não se enfrentarem mais nesta temporada. (Alexandre Araújo e Caio Blois)

Relator do projeto de clube-empresa deseja modelo de sociedade anônima

O senador da República Carlos Portinho (PL-RJ), relator do projeto de lei sobre a criação dos clubes-empresa, tem conversado com dirigentes, sindicatos de atletas, advogados desportivos e agentes de futebol a fim de formatar o texto que será votado no Congresso Nacional em meados de maio. O político já informou que a ideia é que seu projeto permita a mudança dos clubes de associações para sociedades anônimas, seja com capital aberto ou capital fechado. Este tipo de sociedade empresarial limita a responsabilidade de sócios e acionistas sobre o negócio de acordo com o preço de emissão das ações adquiridas. Os clubes, portanto, não poderão trabalhar como sociedade limitada. (Thiago Fernandes)

Cade barra acesso da Globo a documentos sigilosos em investigação

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) não aceitou nesta semana um pedido da Globo para ter acesso aos documentos sigilosos da investigação que o órgão executa a respeito de um possível monopólio esportivo do grupo de comunicação. A emissora queria acessar o teor oficial do material de "acesso privado", como o Cade chama informações sigilosas que são omitidas da versão pública, para embasar melhor sua defesa. O órgão negou, porque afirma que qualquer informação que a empresa necessite já está nas versões públicas dos documentos. A Globo não pode recorrer. (Por Gabriel Vaquer)

Kaká ficou feliz com acordo por dívida entre São Paulo e Orlando City

O São Paulo se acertou com o Orlando City, dos Estados Unidos, e quitou uma dívida de US$ 1 milhão pelo empréstimo de Kaká, ocorrido em 2014. O acordo feito entre as partes alegrou o ex-jogador, que tem proximidade com a gestão de Julio Casares e ainda mantém boa relação com a diretoria do clube estadunidense, liderada pelo empresário brasileiro Flávio Augusto. O ídolo brasileiro confidenciou a amigos que ficou satisfeito pela resolução do impasse envolvendo a sua segunda passagem pelo Morumbi. O ex-atleta acredita que o caso desgastava a imagem do clube que o revelou no exterior. (Por Thiago Fernandes)