PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


UOL de Primeira

Saída de zagueiro destrava renovações contratuais no Santos

Sabino em treino do Santos no CT Rei Pelé - Ivan Storti
Sabino em treino do Santos no CT Rei Pelé Imagem: Ivan Storti
Exclusivo para assinantes UOL

Eder Traskini

Do UOL, em Santos (SP)

07/04/2021 04h00

A saída do zagueiro Sabino teve um efeito positivo para o Santos. O impacto econômico do acordo destravou algumas negociações importantes que o clube vinha tentando concluir, como a renovação do jovem zagueiro Derick, que assinará por cinco anos nos próximos dias. Um dos principais potenciais da base santista, o defensor já podia assinar pré-contrato com outra equipe. A situação foi resolvida um dia após a saída de Sabino.

O salário de R$ 200 mil de Sabino que será economizado a partir de agora ainda deve ajudar em outras renovações. A diretoria conversa com Kaio Jorge (vínculo até 31 de dezembro), Carlos Sánchez (22 de julho) e Jonathan Copete (30 de junho), por exemplo. Com exceção de Kaio, o Santos não deve aumentar seu gasto com folha salarial. Os dois estrangeiros recebem acima dos R$ 200 mil e terão de se adequar à realidade financeira atual do clube para seguirem. Além do trio, o Santos segue processo de renovação antecipada para evitar problemas futuros e a diretoria já iniciou conversas com atletas que tem contrato vencendo em 2022, como Lucas Braga, Kevin Malthus, Gabriel Pirani e Sandry.

UOL de Primeira