PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

FPF e clubes também estudam bolha fora de São Paulo para volta do Paulistão

Vista geral do estádio Morumbi vazio - Bruno Ulivieri/AGIF
Vista geral do estádio Morumbi vazio Imagem: Bruno Ulivieri/AGIF

Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

30/03/2021 04h00

A Federação Paulista de Futebol (FPF) e os clubes estudam a possibilidade de criação de uma bolha fora do estado de São Paulo para que haja a disputa dos jogos em caso de negativa do Ministério Público (MP) e do governador João Doria (PSDB-SP) para a retomada do esporte no local. Os envolvidos se reuniram com promotores do MP na noite de ontem (29) e apresentaram um projeto para a volta do futebol após 11 de abril, nova data para encerramento da fase emergencial no estádio por causa da pandemia do novo coronavírus.

Se a proposta for recusada pelas partes, é possível que outros estados sejam avaliados pela federação local. O Rio de Janeiro já recebeu jogos do Estadual e partidas da Copa do Brasil em que as equipes paulistas foram mandantes. A maior preocupação, neste momento, é com clubes que possuem um calendário com mais jogos neste início de temporada, como Santos e Corinthians, dentre os grandes.

Chegada de Rafinha ao Grêmio teve barganha com Renato e apoio de Maicon

A contratação do lateral direito Rafinha pelo Grêmio aconteceu depois de reunião que reuniu diversos argumentos. Renato Portaluppi citou que Vanderson, jovem da base cotado para a posição, pode oscilar. Vozes do elenco foram ouvidas também. Maicon, um dos líderes, defendeu a contratação pela experiência, currículo vitorioso e técnica do reforço. Por outro lado, a direção gremista colocou para o treinador, como condição para ir em frente com o investimento, o uso de outros jovens da base em em mais setores. Seria uma espécie de compensação. Assim, os volantes Fernando Henrique e Victor Bobsin foram promovidos ao grupo principal, já contando nos planos. Eles preenchem vaga que chegou a ter Rafael Carioca, jogador do Tigres-MEX, como sonho de consumo. (Por Jeremias Wernek e Marinho Saldanha)

Ramírez faz aulas de português para facilitar comunicação com grupo do Inter

Miguel Ángel Ramírez vive sua primeira experiência no Brasil. E para facilitar a comunicação com o grupo de jogadores, o treinador do Inter está estudando português. Paralelamente aos treinamentos e jogos, ele e sua comissão técnica participam de aulas do idioma para conseguir se comunicar melhor com o elenco. O treinador já usa expressões nacionais durante entrevistas e compreende todas as perguntas. Ramírez tem por característica procurar aprender o idioma dos lugares em que trabalha. Além do Brasil, também teve aulas de árabe quando passou pelo Qatar. (Por Marinho Saldanha)

Santos vive expectativa de Soteldo retornar ao Brasil; Holan ainda não conta com ele

Soteldo ainda não conseguiu retornar ao Brasil após ter saído de férias por alguns dias na Venezuela. Em virtude da pandemia causada pelo coronavírus, alguns países estão com restrições de voos. O atacante segue, então, em seu país natal. No final da semana, o Peixe tentou trazê-lo por uma rota passando pelo Panamá, mas ela não foi completa, forçando o retorno do atacante para casa. Enquanto isso, o técnico Ariel Holan está em Atibaia com parte do elenco para mais um período de treinos, sem poder contar com o jogador. A diretoria vive a expectativa de conseguir passagens no começo de abril.. Vale lembrar que o Alvinegro Praiano tem confronto marcado com o San Lorenzo (ARG), em Buenos Aires, na próxima terça-feira (6), pela última fase da fase classificatória da Libertadores. (Por Gabriela Brino)

Elano topou SBT por pontualidade e quer seguir carreira de técnico no futebol

Convidado para comentar as partidas do Santos contra o San Lorenzo (ARG) no SBT pela Libertadores, o ex-jogador Elano Blumer só topou o convite do canal de Silvio Santos por ser algo pontual. A coluna apurou que o meia ex-seleção brasileira não tem vontade de voltar aos microfones no momento e segue apostando em um futuro como técnico de futebol. Por enquanto, ele teve passagens por Figueirense e Inter de Limeira, sem grande sucesso. Por um ano, Elano foi contratado pela ESPN Brasil. Gostou da experiência, mas descarta trabalhar na profissão de momento. (Por Gabriel Vaquer)