PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


UOL de Primeira

Jogo em MG pressiona Doria, mas ainda não há plano B para futebol paulista

Estádio Independência vira refúgio para jogo isolado do Campeonato Paulista amanhã (17) - Fernando Moreno/AGIF
Estádio Independência vira refúgio para jogo isolado do Campeonato Paulista amanhã (17) Imagem: Fernando Moreno/AGIF
Exclusivo para assinantes UOL

Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

16/03/2021 04h00

Clubes e Federação Paulista de Futebol (FPF) esperam que a chance de realizar partidas do Paulistão fora do estado incentive o governo a voltar atrás na decisão de suspender os eventos esportivos até o dia 30 de março. A partida de amanhã (16) entre Palmeiras x São Bento não só vai testar a viabilidade de outros estados, mas também serve para medir a reação das autoridades diante da possibilidade de que o a competição tenha prosseguimento em outra sede. Apesar do teste, entretanto, não há um plano concreto para retirar o campeonato de São Paulo. Os custos e logística envolvidos na operação preocupam os clubes.

Do lado do governo, há relutância em ceder aos apelos de clubes e da FPF. O Centro de Contigência do Coronavírus, órgão criado para combate à pandemia e com presença de profissionais de saúde, é um defensor da suspensão do futebol. O racional é de que, nesse momento, é necessário obter apoio da população e do comércio, e o esforço pode ser minado caso clubes sigam viajando e disputando partidas em diferentes estados.

*Colaborou Lucas Borges Teixeira

UOL de Primeira