PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Paulistão paralisado: MG vira opção de refúgio após recusa do Rio

Leo Burlá, Rodrigo Mattos e Thiago Fernandes

Do UOL, no Rio de Janeiro e em São Paulo

12/03/2021 04h00

Depois da recusa do governo do Rio de Janeiro em receber o Campeonato Paulista durante a paralisação do futebol imposta pelo governador João Dória (PSDB-SP), a Federação Paulista de Futebol (FPF) e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já procuram outra alternativa. Autoridades de Minas Gerais e membros da Federação Mineira de Futebol (FMF) foram consultados para a possível realização de jogos do estadual e estão dispostos a recebê-lo.

Em que pese a procura na noite de ontem (11), CBF e FPF aguardam a reunião com o governo de São Paulo na próxima segunda-feira (15) para determinar seus próximos passos. Se o veto aos jogos no estado for mantido, é possível que Minas Gerais se torne a casa do Campeonato Paulista pelas próximas duas semanas. A procura por um novo local para os jogos ocorre por receio da CBF de que haja um "efeito dominó" no futebol brasileiro com sucessivas interrupções de competições

Copa do Brasil: Marília x Criciúma deve ser marcado em Varginha, no sul de MG

A paralisação do futebol em São Paulo deve interferir também na Copa do Brasil. O Marília estreará na competição na próxima quarta-feira (17), diante do Criciúma. O jogo, marcado para o Estádio Municipal Bento de Abreu Sampaio Vidal, no interior do estado, deve ser alterado para o estádio municipal Prefeito Dilzon Melo, em Varginha, no sul de Minas Gerais, em caso de manutenção do veto paulista por causa da evolução da pandemia do novo coronavírus. A CBF já procurou autoridades mineiras para que a partida seja recebida na semana seguinte. A distância entre Marília e Varginha é de 566 quilômetros. (Por Thiago Fernandes)

Palmeiras tem nova reunião por Borré na Argentina

Depois de uma conversa diretamente com Santos Borré na terça (9), o representante do Palmeiras na Argentina teve um encontro com os empresários do jogador, na quarta (10). O clube o enviou ao país para tentar avançar na contratação do centroavante, um sonho de Abel Ferreira, mas o estafe do atacante do River Plate (ARG) aguarda uma movimentação da cúpula palmeirense. Os agentes querem tratar diretamente com a diretoria e não com intermediários. O Verdão considera ser dono da oferta mais sedutora de Borré, com um contrato de quatro anos e um pacote de R$ 80 milhões ao longo de todo o vínculo. O colombiano tem contrato até junho com o River e deve deixar o clube. (Por Thiago Ferri)

Inter coloca cláusula para retorno em empréstimo de atacante ao Cuiabá

O Internacional colocou uma "cláusula de retorno" no contrato de empréstimo de Guilherme Pato ao Cuiabá. O dispositivo dá ao clube gaúcho o direito de chamar o jogador de volta quando bem entender durante o período cedido ao time do Mato Grosso. O empréstimo tem duração até o fim do ano. Pato já tinha sido procurado por equipes da Série A, da Série B e da Arábia Saudita antes de firmar acordo. Com 20 anos, o jogador foi liberado para ter mais espaço e ter a chance de atuar com regularidade pelo time que vai fazer sua estreia na primeira divisão do Brasileirão. (Por Marinho Saldanha)

Centroavante jogou no sacrifício pelo Grêmio até ter lesão confirmada

O atacante Diego Churín vai ficar fora de combate pelo Grêmio por até seis semanas. E a lesão não foi novidade. Segundo apurou a coluna, o jogador já vinha atuando longe de suas melhores condições desde o jogo contra o Red Bull Bragantino, pela última rodada do Brasileiro. Por isso, ficou fora do jogo do Gauchão contra o Brasil de Pelotas —Isaque foi utilizado. Pela importância dos jogos, fez tratamento intensivo e esteve em campo nos dois duelos contra o Palmeiras, decisivos da Copa do Brasil, mas em seguida teve diagnóstico de lesão muscular confirmada e uma parada longa pela frente. (Por Marinho Saldanha)