PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


UOL de Primeira

Oferta do Palmeiras por Borré afasta SPFC e até europeus da concorrência

Rafael Borré comemora gol do River Plate contra o São Paulo pela Libertadores 2020 - Divulgação/Conmebol
Rafael Borré comemora gol do River Plate contra o São Paulo pela Libertadores 2020 Imagem: Divulgação/Conmebol
Exclusivo para assinantes UOL

Thiago Ferri e Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

09/03/2021 04h00

A proposta do Palmeiras por Rafael Santos Borré afastou o São Paulo e até mesmo alguns concorrentes do mercado europeu pelos serviços do atacante de 25 anos. Os palmeirenses se mostram dispostos a pagar a pedida do colombiano no mercado da bola. Ele espera receber luvas de cerca de US$ 4,8 milhões (R$ 28,2 milhões na cotação atual), salários anuais de US$ 2 milhões (R$ 11,75 milhões) livres de impostos e um contrato com duração de no mínimo quatro temporadas para assinar com um novo clube.

O montante desejado por Borré, que defende o River Plate e ficará sem contrato a partir de junho, é visto como algo inviável ao Tricolor atualmente. A dívida do clube se aproxima dos R$ 600 milhões, e a nova gestão se empenha com um discurso de reestruturação. Seu único trunfo de momento seria a admiração de Borré pelo técnico Hernán Crespo. Segundo apurou a coluna, o colombiano até o momento se mostra inflexível quanto a sua pedida financeira, tendo já rejeitado ofertas europeias e norte-americanas inferiores às do atual campeão da Libertadores.

UOL de Primeira