PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


UOL de Primeira

Elenco do Santos cobra diretor após entrevista por salários não pagos

Felipe Ximenes, diretor do Santos - Ivan Storti/Santos FC
Felipe Ximenes, diretor do Santos Imagem: Ivan Storti/Santos FC
Exclusivo para assinantes UOL

Gabriela Brino

Colaboração para o UOL, em Santos

19/01/2021 04h00

O superintendente de futebol do Santos Felipe Ximenes afirmou, na última sexta-feira, em entrevista à ESPN, que os salários do elenco estavam pagos. Porém, a diretoria ainda não quitou a remuneração porque conta com a premiação da classificação à semifinal da Copa Libertadores, no valor de cerca de R$ 10,1 milhões que deve cair nos próximos dias, para negociar os débitos. Tal declaração do executivo não caiu bem no elenco.

Segundo apurou a De Primeira, o grupo de jogadores procurou o diretor para nova cobrança sobre o posicionamento de "salários pagos". Ximenes ficou incomodado com a situação, ouviu os jogadores, não concordou, mas pediu desculpas. Em contato com a coluna, o diretor relatou que procurou uma conversa direta com os atletas. "Não me incomodo com cobranças. Sobre os pagamentos, como notei que a comunicação não chegou clara ao elenco, preferi fazer como sempre faço, atráves de uma conversa direta e reta com todos. Todos sabemos do esforço da diretoria para resolver as questões pendentes. Tenho certeza que em breve a diretoria regularizará essa situação", disse.

UOL de Primeira